Connect with us

Esportes

Band: Conheça os desafios da emissora com a volta da F1

Published

on

O anuncio ocorreu durante o programa Brasil Urgente e equipe está quase completa. Foto reprodução

O anuncio ocorreu durante o programa Brasil Urgente e todavia a equipe está  completa. Foto reprodução

+A Força do Querer: Irene provoca Joyce e leva a pior, Bibi jura vingança e Jeiza vê a morte de perto

O próximo dia 28 ficou marcado como a data de estreia de uma das atrações mais aguardadas da TV em 2021. A Fórmula 1 voltou para Band após 41 anos desde a última transmissão. Entretanto, fizemos uma lista das vantagens e desvantagens do retorno da F1 ao canal do esporte.

Ainda no ano passado, surgiram rumores na mídia brasileira sobre um provável fim de contrato entre Globo e Fórmula 1 para as transmissões das corridas. Em suma, a Band acompanhava de longe e neste ano fechou um acordo e garantiu o retorno da modalidade.

Contudo, a emissora que já tinha um cartel muito bom de corridas em seu canal fechado “Band Sports”, reforçou o quadro de Jornalistas e anunciou nomes importantes;

Confira os fatores positivos e negativos da mudança;

Band anuncia Mariana Becker, Sérgio Maurício para transmissões:

Mariana Becker, que deixou a Globo, agora é da Band (Créditos: Reprodução)

Mariana Becker, que deixou a Globo, agora é da Band (Créditos: Reprodução)

Segundo o ditado popular, a primeira impressão é a que vale. A Band fez jus ao ditado e até agora passa uma boa impressão e promete um alto nível de profissionalismo. Contudo, para narrar a Fórmula 1, a emissora, anunciou o Jornalista Sérgio Maurício e para as reportagens a Jornalista Mariana Becker.

O ponto a ser destacado nessas duas contratações é a familiaridade dos profissionais com o Esporte. Em resumo, ambos conhecem bem a F1 e todavia as reportagens vão continuar sendo in loco.

Entretanto, a Band vai manter o mesmo modelo aplicado pela Globo e a repórter será uma correspondente Internacional durante as corridas.

+Haja Coração: Adônis faz pressão, Giovanni abre o jogo com Bruna e Fedora é denunciada

Reginaldo Leme e o equilíbrio desta temporada:

Quando o assunto é Fórmula 1, o especialista mais respeitado é Reginaldo Leme. Em suma, com mais de 500 coberturas de corridas na Fórmula 1, o comentarista terá a dura missão de alavancar audiência do canal transmitindo de forma didática as corridas ao telespectador.

Entretanto, outro fator muito importante pode fazer a audiência crescer: O equilíbrio causado pelo teto de gastos.

Em resumo, o novo regulamento prevê um teto de gastos para cada escuderia. A ideia dos diretores é reduzir o número de investimento nos carros, aumentado a participação dos Engenheiros em relação ao desempenho nas corridas.

Portanto, essas mudanças podem gerar um equilíbrio maior nesta temporada e novos campeões podem surgir.

Histórico positivo da Band:

Ainda nos anos 80, a Band foi uma das pioneiras em transmissão de F1 no Brasil e por outro lado foi a emissora que transmitiu a 1° vitória de Nelson Piquet, na Categoria.

Em entrevista à Band, o ex-Piloto parabenizou a emissora dos Saad pela compra dos direitos de transmissão da F1:

“Ficou muito feliz de saber que a Band vai transmitir a Fórmula 1, já que a Band transmitiu minha primeira vitória, em 1980, em Long Beach”, declarou Piquet.

Como nem tudo são flores, a emissora paulista também terá muitos desafios neste retorno. Listamos alguns deles, confira;

Ausência de pilotos brasileiros na elite:

O Brasil mais uma vez não terá um piloto na principal categoria automobilística do mundo. Desde 2018, o país não possui um piloto na elite da modalidade e ausência afastou uma geração.

Para quem acompanhou a Fórmula 1 nos anos 80 e 90 se deparou com o enorme sucesso dos pilotos brasileiros na competição. O ídolo mais recente é o tricampeão Airton Sena . Mas, de uns tempos para cá esse número foi caindo e os pilotos brasileiros sumindo das principais escuderias.

O desafio da Band será conseguir audiência através de Lewis Hamiltom. Piloto da Mercedes e muito popular no Brasil após grandes campanhas.

+Gênesis segue ladeira abaixo; Consolidados de 26/02/21

Patrocínios e futuras renovações contratuais:

Outro fator que pode colocar em risco o retorno da F1 para Band é a presença dos patrocinadores. Em resumo, a emissora do Morumbi procurou todos os anunciantes ex-Globo e todavia ainda não fechou os contratos referentes as placas de publicidade.

Na última temporada, a Renault era a principal parceira da Globo e segundo o colunista Gabriel Vaquer, a empresa já topou conversar sobre uma nova parceria.

Por fim, os patrocinadores são importantes para a continuidade da F1 no canal e a Band corre para fechar de vez as parcerias.

 

 

 

 

Comente com seu Facebook

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esportes

TV OCanal visita Ana Cristina de Souza, medalhista Olímpica de Vôlei, que abre o jogo sobre sua trajetória: “O Esporte pode mudar a vida das pessoas”

Published

on

TV OCanal com Ana Cristina Souza

Em resumo, a TV OCanal com Ana Cristina Souza

Nesta semana, o programa OCanal TV e Famosos com apresentação de Felipe Reis e que mostra o que há de mais relevante no mundo das celebridades e TV, foi além e através da educação e o esporte, entrevistou a medalhista Olímpica nos Jogos de Tóquio 2020 com a seleção Brasileira de Vôlei, Ana Cristina de Souza, de apenas 17 anos.

Com 1m92 de altura e com o DNA campeã herdado da mãe Cecília Menezes, a atleta revelou toda sua trajetória para a reportagem. Além disso, nessa entrevista, a equipe do programa foi até o colégio Campo Salles, na zona oeste de São Paulo para contar a história da menina que aos 17 anos já possui uma medalha Olímpica.

Nesse sentido, a atleta olímpica da seleção Brasileira fez questão de ressaltar a importância da educação e do Esporte na transformação de sua vida.

“O Esporte na escola é um dos primeiros contatos que as crianças têm com o esporte e essa é a importância porque na minha vida assim como na vida dos meus pais o esporte mudou a vida deles”, disse Ana Cristina.

“Meus pais saíram de comunidade, lugares mais pobres e puderam ter essa oportunidade de fazer os esportes que eles gostavam e levar como carreira, né?. Como algo que pudesse levar a vida deles. E realmente mudou e hoje eu estou tendo a oportunidade de jogar também igual a eles. Essa é a importância, na escola é demostrar que o esporte pode mudar a vida das pessoas”. Finalizou a atleta filha de Cecília Menezes, que também defendeu a seleção Brasileira.

Ana Cristina Souza e a presença na Super Liga de Vôlei

Embora seja muito jovem, a atleta olímpica Ana Cristina Souza não chegou nos Jogos Olímpicos de Tóquio atoa. Na temporada passada, a jovem promessa atuou no Sesc Flamengo, time no qual foi revelada.

“Surgiu uma nova oportunidade de jogar pelo Sesc Flamengo, com o time do Bernardinho e eu pude ir até lá para o Rio e jogar a Super Liga”. Afirmou Ana Cristina.

+Império: Cora enfrenta Reginaldo, Maurílio chantageia Maria Marta e José Alfredo recebe um bilhete misterioso

A Convocação para os Jogos Olímpicos

Do mesmo modo que batalhava bastante para garantir seu espaço no time principal do Sesc Flamengo, Ana Cristina jamais deixou de sonhar. Dessa forma, ela também contou sobre os bastidores de sua convocação para os Jogos Olímpicos.

“Sim, eu realmente não imaginava. Eu estava imaginando uma convocação ou pelo menos ser convidada para treinar, mas eu não imaginava que eu iria chegar numas Olímpiadas tão cedo. Foi realmente surpresa sim”. Disse a ponteira.

Por fim, o recado para as meninas iniciantes no esporte

Por fim, ao ser questionada pelo Repórter Felipe Reis, a atleta não titubeou e mandou um recado para a nova geração de talentos brasileiro.

“O meu recado é: se dedique e façam tudo do melhor jeito. Treinem bastante, não desistam dos seus sonhos. Acho que isso é o mais importante. Acreditem em si mesmas e vão com coragem, se tiver com medo, vão medo mesmo. Sejam felizes, sejam alegres em tudo o que fizerem”. Todavia afirmou Ana.

Comente com seu Facebook

Continue Reading

Esportes

Valor astronômico e proposta irrecusável: Entenda como o Paulistão saiu das mãos da Globo e foi parar na Record

Published

on

Com proposta de valor astronômico, Record vence disputa contra Globo e SBT pelo Paulista. Daniel Vorley/ Agif

Com proposta de valor astronômico, Record vence disputa contra Globo e SBT pelo Paulista. Daniel Vorley/ Agif

Enquanto a Globo ainda procura entender mais uma derrota na licitação sobre direitos de transmissão a Record comemora. Nesse sentido, a redação do O Canal fez uma análise sobre a proposta e os planos da emissora de Edir Macedo, que envolveu um valor astronômico pela compra do Estadual de São Paulo.

O Estadual do Rio como vitrine e a proposta irrecusável pelo Paulistão

Embora tenha cometido muitos erros no seu primeiro ano com a exibição do Estadual do Rio, a Record pensou grande e acertou com o Paulista. Dessa forma, a ideia da emissora carioca é usar os erros da última edição do cariocão como laboratório para acertar nos dois Estaduais.

Desse modo, uma das principais críticas dos torcedores e até das afiliadas da Record foram na demora na distribuição dos jogos e o horário das partidas, aos sábados 21h.

Em contrapartida, a proposta realizada pela emissora de Edir Macedo agitou os clubes e até a Federação Paulista de Futebol (FPF). De acordo com o jornalista Gabriel Vaquer, do site Noticias da TV, os valores oferecidos pela Record estão entre R$ 40- R$ 50 milhões por temporada. Em tese, essa quantia pode chegar em até R$ 200 milhões pelo contrato de 4 anos.

+Wanessa Camargo desabafa sobre início de carreira e entrega bastidores cruéis: “Sofri muito”

+A Fazenda 2021: Com a moral em baixa, Erika apela por Tati Quebra Barraco e implora: “Acho que as pessoas vão te respeitar”

+Felipeh Campos sai em defesa de Nego do Borel, bate de frente com Sonia Abrão e detona: “Continuo ao lado”

Por fim, a expectativa com a audiência da TV

Inegavelmente, a Record deve passar a colher os frutos de tamanho investimento. Com a chegada do Campeonato Paulista, os executivos entendem que a Globo ficou enfraquecida. Disponível de Janeiro até maio, o Paulistão terá 16 transmissões na Record e a expectativa é alta.

Dessa forma, a emissora carioca pretende se aproximar dos números da Globo com o paulistão: em tese, na última edição, a final entre São Paulo x Palmeiras rendeu 30 pontos de audiência para a Globo.

Essa audiência pode gerar interesse de investidores e a Record pretende lançar suas cotas de patrocínio e lucrar com a competição.

Comente com seu Facebook

Continue Reading

Esportes

Olimpíadas: Jogador de vôlei gato vira piada na web após exibir axilas

Published

on

Nas Olimpíadas, o assunto da vez é Torey DelFaco, que cosneguiu conquistar e afastar os brasileiros com suas axilas peludas. Confira detalhes

Torey DelFaco nas Olimpíadas. (Reprodução/Internet)

O nome de Torey DelFaco, jogador de vôlei que disputa as Olimpíadas de Tóquio pelos Estados Unidos, ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter na madrugada desta sexta-feira, 30, por um motivo bem peculiar.

O atleta, considerado “gato” por muitos, chamou atenção após exibir suas axilas durante um jogo contra o Brasil. “Mata atlântica” e “Floresta” foram alguns dos termos usados para se referir aos pelos do rapaz.

Felipe Neto supera live de Bolsonaro com ‘Among Us’: “25 mil a mais”

Na partida da vez, os brasileiros levaram a melhor e venceram os americanos por 3 sets a 1. Mas a vitória foi apenas um dos pontos que ganhou destaque na web.

Durante a transmissão da competição ao vivo, usuários da plataforma colocaram o nome de DelFaco entre os assuntos mais comentados do momento na rede social, por causa de suas axilas.

Carlos Alberto de Nóbrega detona horário no SBT: “Nojento”

“Alguém passa uma cera nessa floresta no sovaco do DeFalco, fazendo favor”, reagiu uma usuária da rede social identificada com Isabelle. “Dá para montar um bloqueio só com o sovaco do DeFalco”, comentou um internauta identificado como Samuel.

Até mesmo Felipe Neto, um dos maiores YouTubers brasileiros, brincou com a situação. “Cacete o americano pode fazer chapinha no suvaco”, escreveu no Twitter.

Nicole Bahls sobre separação de Marcelo Bimbi: “Livração divina”

Além das axilas, o participante das Olimpíadas passou a ser comparado com o galã Zac Efron. “O sósia do Zac Efron passando a mão no cabelo toda vez que a câmera foca nele”, escreveu a usuária Rhaiane. “O DeFalco é igual ao Zac Efron”, opinou a internauta Isa.

Confira alguma das reações dobre Torey DelFaco nas Olimpíadas:

Comente com seu Facebook

Continue Reading

⚡EM ALTA