CONECTE-SE CONOSCO

Famosos

Após saída da Globo, Bruno Gagliasso negocia com Netflix, Amazon e HBO

Publicado há

em

Fora da Globo, ator Bruno Gagliasso agora passará a trabalhar por obra (Foto: Reprodução)

Fora da Globo, ator Bruno Gagliasso agora passará a trabalhar por obra (Foto: Reprodução)

O ator Bruno Gagliasso não faz mais parte do elenco fixo da Globo. A informação foi divulgada na quinta-feira (7) e confirmada pela assessoria de imprensa do artista. A decisão partiu dele próprio, que passará a trabalhar por obra.

E, ao que tudo indica, Bruno Gagliasso não deve demorar muito tempo para retornar à telinha com um novo personagem. Dessa vez, no entanto, o astro deve aparecer em uma plataforma de streaming, e não na televisão como de costume.

De acordo com informações divulgadas pelo colunista Leo Dias, do portal UOL, o escritório que cuida da carreira do ator Bruno Gagliasso vem trabalhando há cerca de um mês no futuro do contratado, inclusive participando de reuniões com produtoras independentes e executivos de grandes companhias.

Segundo a publicação, entre as negociações estão conversas com o canal HBO e com as plataformas Netflix e Amazon Prime Video. Durante as discussões, no entanto, os agentes de Bruno Gagliasso deixam claro que não haverá a possibilidade de contratos longos serem assinados.

A ideia é que Bruno trabalhe por obra, assim como deverá acontecer na Globo. Além disso, o ator deixa claro que não vai abrir mão de interpretar personagens desafiadores. Para ele, não há prazer no trabalho se não houver uma entrega profunda ao papel.

Saída da Globo

A assessoria de imprensa de Bruno Gagliasso revelou, ao confirmar a saída dele do elenco fixo da Globo, que a emissora tinha o interesse em renovar. Bruno, no entanto, pediu que passasse a trabalhar apenas por obra para ter maior liberdade artística. Leia esta matéria completa clicando aqui.

Comente com seu Facebook

Advertisement
Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Famosos

Chocante! Fernanda Gentil revela dificuldade em casamento e desabafa sobre situação: “Brigas”

Publicado há

em

Fernanda Gentil

Fernanda Gentil resolveu abrir sua intimidade e fez revelações chocantes sobre como tem sido estar de quarentena devido a pandemia do novo Coronavírus.

Em entrevista ao jornal O Globo, a apresentadora do programa Se Joga tem enfrentado problemas com sua esposa, a jornalista Priscila Montandon, com quem ela vive junto.

“Já tivemos ruídos e brigas. Mas estamos tentando levar para o lado de que amanhã estaremos 24 horas, ontem estivemos, depois de amanhã também. Ou a gente descobre uma maneira diferente de resolver as coisas ou não vai sobreviver”, revelou Fernanda Gentil.

+ Bruno Gagliasso alfineta Marcela do BBB20 após eliminação e vira motivo de discórdia: “Limpa o veneno”

“Tenho lido muito sobre isso. Você esbarra, encontra e conhece a pessoa com que você casou [na convivência]. Normalmente, no dia a dia, às vezes, a gente mal se olha, não tem tempo para sentar, conversar. Ainda mais com uma criança. Agora [na quarentena], você vê e conhece aquela pessoa”, justificou Fernanda Gentil.

“Tem também vantagens e desvantagens. Tem dias que é terapia o dia inteiro. A gente está aproveitando muito para isso”, revelou ela, que disse estar cumprindo a quarentena ao lado da esposa e do filho Gabriel, de 4 anos. O filho mais velho da apresentadora, Lucas, de 12 anos, está com o pai.

+ Marcão do Povo, apresentador do SBT pede criação campo de concentração no Brasil e gera revolta: “Assustador”

O isolamento dentro de casa mudou também a rotina do pequeno Gabriel. “Liberei. Televisão, Ipad. Tem que rolar para conseguirmos fazer nossas tarefas. Pratico a maternidade real. Não a ideal. Claro que quero que elas andem próximas, mas nem sempre é possível”, confessou.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Famosos

Bruno Gagliasso alfineta Marcela do BBB20 após eliminação e vira motivo de discórdia: “Limpa o veneno”

Publicado há

em

Bruno Gagliasso BBB20 Marcela
Ator Bruno Gagliasso agora passará a trabalhar por obra (Foto: Reprodução)

Marcela Mc Gowan foi a décima segunda eliminada do BBB20. Enfrentando Babu Santana e Flayslane Raiane em um paredão triplo, a média levou a pior e saiu do reality show da Rede Globo.

O ator Bruno Gagliasso, que fez campanha contra a médica, se manifestou logo após a sua saída em mensagem deixada nas redes sociais.

Em seu perfil oficial no Twitter, o marido e Giovanna Ewbank comentou: “Ô Marcela, parabéns pela sua participação no BBB. Agora pode ser que te surja um desafio ainda maior enquanto médica aqui fora. Boa sorte”, disse ele.

Os internautas ficaram um pouco assustados com a declaração do famoso e um seguidor até chegou a dizeR: “Bruno, limpa o canto da boca está só veneno”.

O ator, no entanto, decidiu se retratar e explicar melhor o que estava falando. “Onde você viu veneno? Estou sendo sincero com uma pessoa que pode ser convocada a lutar pela nossa vida”, respondeu ele.

+ Marcão do Povo, apresentador do SBT pede criação campo de concentração no Brasil e gera revolta: “Assustador”

Vale dizer que logo após a sua saída do reality show da Rede Globo, Marcela foi questionada por Tiago Leifert sobre quem teria mais chances de ganhar o programa. Ela então disse que acha que Gizelly Bicalho e Ivy Moraes são as pessoas que mais tem chances de ganhar e deu o que falar.

Já em conversa com Ana Clara, que perguntou quem seria a próxima eliminada do programa, ela mudou a sua opinião após descobrir as informações sobre as suas amigas e declarou: “Pelo que fiquei sabendo, é a Ivy”, disse.

A obstetra também descobriu que Babu Santana é uma das pessoas mais fortes fora da casa. “Fiquei sabendo que ele recebeu poucos votos”, disse ela. “1,06% dos votos”, revelou Ana Clara, deixando Marcela visivelmente constrangida, já que votou nele muitas vezes.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Famosos

Marcão do Povo, apresentador do SBT pede criação campo de concentração no Brasil e gera revolta: “Assustador”

Publicado há

em

Marcão do Povo SBT

O apresentador Marcão do Povo, que apresenta o programa Primeiro Impacto no SBT, gerou revolta de muitos telespectadores com declarações polêmicas.

Na manhã desta quarta- feira, 08 de abril, Marcão do Povo pediu que houvesse a criação de campos de concentração no Brasil para abrigar as pessoas que estão com o novo Coronavírus. Ele ainda usou seu espaço na TV para pedir ao presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), para colocar o Exército nas ruas e prender os governadores que não estão seguindo as regras impostas pelo governo.

Segundo o apresentador do SBT, as pessoas na China foram levadas para Wuhan, o epicentro da doença, para serem tratadas em hospitais que haviam sido construídos no local. Foi aí que Marcão do Povo surpreendeu ao sugerir a criação de campos de concentração no Brasil para abrir as pessoas que estão com a Covid- 19.

+ Sabrina Sato, com super salário, vira fardo pesado na Record após fiasco de audiência

“Na China, na cidade de Wuhan, pessoas que estavam com sintomas, que estavam com o coronavírus foram levadas e colocadas nessa cidade. Montaram vários e vários hospitais e as pessoas foram tratadas naquele local. Não seria interessante também presidente, atenção presidente, montar um local, o Exército, Marinha, Aeronáutica… Montar um local aonde todas as pessoas que tivessem os sintomas, que tivessem o coronavírus, fossem levadas para esse local e bem cuidadas, bem tratadas ao invés de espalhar da maneira que está sendo aí? Todos os lugares montando, um gasto excessivo, as cidades paradas. Não seria interessante um local só para cuidar dessas pessoas? Não seria interessante pegar, por exemplo, o Exército, Marinha e Aeronáutica e montar um campo de concentração, de cuidado, com equipamentos mais sofisticados, com os melhores profissionais e colocar essas pessoas com problemas, sintomas?”, questionou.

Para o apresentador do SBT, a sua ideia acabaria com a divisão de dinheiro entre os estados. “Aí presidente acaba esse negócio de espalhar dinheiro para os estados. Vários governadores, tem estado que não teve nada, um caso que nem sequer foi comprovado, a pessoa não está nem internada e o estado decretou calamidade. Tocantins é um caso. Um caso no Tocantins, não teve uma morte. O estado tem necessidade de decretar calamidade? Não tem necessidade disso. É despesa para o povo do cidadão, do trabalhador que já está ferrado. Então, presidente é uma dica. O senhor é presidente da República. Dá um decreto, põe o Exército nas ruas, Marinha e Aeronáutica. E aí, o governador que descumprir, faz igual está fazendo com o povo: cana. Monta um campo, um local adequado e trata essas pessoas lá e o comércio abre normalmente. Quem apresentou o sintoma, leva para lá. Mantém a pessoa em isolamento, bem cuidada, bem tratada. É uma ideia que eu estou dando”

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA