Connect with us

História da TV

Artistas consagrados que saíram das suas emissoras e voltaram

Published

on

O apresentador Reinaldo Gottino hoje comanda o Balanço Geral SP, exibido pela Record (Créditos: Reprodução)

Reinaldo Gottino, um dos principais artistas da Record. (Créditos: Reprodução)

Você se lembra que todos foram pegos de surpresa, com o anúncio da volta de Reinaldo Gottino à RecordTV? O apresentador do Balanço Geral saiu da emissora rumo à CNN Brasil, como um dos principais artistas do canal jornalístico. Tudo isso aconteceu em menos de um ano, contudo meses depois de sua estreia na nova casa, ele acabou retornando à Record.

Aproveitando esse assunto que acabou dando muito o que falar, OCanal listou alguns casos semelhantes já ocorridos na TV anteriormente. Vamos conferir?

+Cátia Fonseca é retirada da Band à força e dá explicação

5) Hebe Camargo

Hebe Camargo. (Foto: Reprodução)

A eterna rainha da TV brasileira teve uma brilhante trajetória, e isso é incontestável. No entanto em 2010, enquanto tratava de um câncer, a apresentadora em contrapartida lutava também contra uma outra batalha, nos bastidores do SBT. A relação entre ela e Silvio Santos andavam desgastadas já havia algum tempo, no entanto no final de 2010, Hebe decidiu sair da emissora onde trabalhou durante 24 anos.

Em 2011 ela assinou com a Rede TV!, onde foi contratada como grande estrela. Hebe acabou ficando até meados 2012 na nova casa, onde também enfrentou problemas nos bastidores. Para piorar, na época o câncer que até então estava curado acabou retornado. Já debilitada por conta disso, Hebe acabou acertando diretamente com Silvio sua volta ao SBT, mas poucos dias após o acordo a apresentadora veio a falecer.

4) Gugu Liberato

Gugu Liberato. (Foto: Reprodução)

Gugu fez um enorme sucesso no SBT, e isso é algo incontestável. Entretanto isso acabou despertando o interesse da Rede Globo na década de 80, fazendo com que ele chegasse a assinar com a emissora carioca na época.

O apresentador veio a gravar alguns pilotos de seu programa na nova emissora, no entanto Silvio Santos o surpreendeu com uma proposta tentadora. Na época o animador vinha enfrentando uma doença nas cordas vocais, com probabilidades de perder a voz definitivamente. Por conta disso ele foi pessoalmente pedir a Roberto Marinho para que seu pupilo retornasse ao SBT. Com uma proposta de contrato de cinco anos e um mega salário – tornando-se na época o apresentador mais bem pago da TV -, Gugu aceitou voltar ao canal, onde acabou fazendo um sucesso ainda mais estrondoso em seu retorno, ficando lá até 2009.

3) Eliana

artistas

Eliana. (Foto: Reprodução)

A apresentadora começou sua carreira como cantora, fazendo parte dos grupos A Patotinha Banana Split, no entanto foi na TV que ela se consagrou, como uma das grandes artistas da atualidade. Eliana estreou no SBT no início dos anos 90, no comando do “Festolândia”. Em 1993 ela passou a apresentar o “Bom Dia & Cia”, fazendo um estrondoso sucesso.

Record TV enxergou o sucesso ascendente da apresentadora, e em 1998 conseguiu tirá-la da emissora de Silvio Santos. Em seu novo canal a loira fez um sucesso estrondoso, tanto de audiência quanto comercial. Em 2005 a loira migrou do público infantil para o adulto, aumentando ainda mais o êxito em sua carreira.

Numa estratégia de contra ataque, em 2009 Silvio Santos finalmente conseguiu trazer sua pupila de volta ao canal. Atualmente Eliana é um dos principais nomes do SBT, muitas vezes chegando a alcançar a liderança na famosa disputa das tardes de domingo.

2) Luiz Bacci

artistas

Luiz Bacci, é hoje um dos principais artistas da Record. (Foto: Reprodução)

O apresentador do “Cidade Alerta” fez sua estreia na RecordTV, após o sucesso estrondoso no SBT. Em 2014, Luiz Bacci recebeu uma proposta irrecusável da Band, trocando a emissora de Edir Macedo pela da família Saad.

Apesar de sua contratação ter dado o que falar na época, seu desempenho na emissora acabou não acontecendo da forma esperada. Após 10 meses na nova casa, Bacci acabou sendo dispensado da Band, e com isso retornando então à Record, onde está até hoje, sendo um dos maiores nomes da emissora atualmente.

1) José Luiz Datena

artistas

Datena, um dos principais artistas da Band. (Foto: Reprodução)

Datena começou na TV como repórter esportivo, no entanto foi no jornalismo policial que acabou se consagrando. Em 1998 ele fez sua estreia no comando do Cidade Alerta, fazendo um enorme sucesso. Por conta disso, em 2002 ele recebeu uma proposta da RedeTV! para apresentar um programa do gênero, o Repórter Cidadão

Sua passagem na emissora até fez sucesso, no entanto com inúmeros problemas nos bastidores. Datena ficou poucos meses no canal, e acabou sendo substituído por Marcelo Rezende, e assim retornando à Record. Sua nova passagem por lá durou quase um ano, quando ele acabou recebendo uma proposta irrecusável da Band.

Em 2003 ele estreava por lá o Brasil Urgentealém de ter comandado outras atrações da casa. Em 2011, Datena voltava então à Record, mais uma vez apresentando o Cidade Alerta. Sua terceira passagem por lá foi relâmpago, durando apenas 43 dias, tendo uma saída conturbada. Voltando mais uma vez à Band, onde está até hoje, em 2012 ele foi obrigado a pagar uma multa rescisória de 20 milhões de reais para a emissora de Edir Macedo.

 

Comente com seu Facebook

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

História da TV

José de Abreu teve mau hálito detonado por atriz veterana: “Uma coisa insuportável”

Published

on

Em suma, Maria Zilda e José de Abreu formaram par romântico em Bebê a Bordo (Créditos: Divulgação/TV Globo)

Em suma, Maria Zilda e José de Abreu formaram par romântico em Bebê a Bordo (Créditos: Divulgação/TV Globo)

Escalado para a próxima novela das seis horas da TV Globo, José de Abreu já teve seu lado pessoal exposto pela atriz Maria Zilda. Durante live com o ator Murilo Rosa, a veterana relembrou quando dividiu cena com Abreu na novela Bebê a Bordo, em que formavam par romântico.

“Ele estava numa fase muito doida. Bebia demais. E ele estava tão compulsivo que tinha umas cenas que a gente ficava amarrado numa árvore, um de costas para o outro. Você sabe que ele obrigava o contrarregra a dar a cachaça na boca dele”, explicou Maria Zilda, que formou par com José de Abreu entre 1988 e 1989.

“Então, cara, quando era cena de beijo… Porra, a pessoa que fuma pra caramba. Sabe?”, exclamou. “A pergunta foi: você já beijou alguém com bafo? Já! Era uma coisa insuportável. Evidentemente, ele bebia. Era [cena] externa. Ele suado e já tinha o cheiro do suor, mais o do cigarro, mais o da bebida. Era uma coisa insuportável. O Zé era um bicho”, acrescentou a atriz.

Por fim, o autor também falou de José de Abreu e Maria Zilda em Bebê a Bordo:

Em suma, o autor Carlos Lombardi, em depoimento ao livro A Seguir, Cenas do Próximo Capítulo, de André Bernardo e Cintia Lopes, também detalhou os bastidores da trama, que foi exibida na faixa das sete horas pela TV Globo no final da década de 80.

“Em Bebê a Bordo, por exemplo, tive problemas com o casal formado por José de Abreu e Maria Zilda. No papel, os dois eram ótimos, mas, na prática, não deram certo. Agora, se escrever novela já é um troço muito chato, escrever novela que dá errado é três vezes mais chato”, falou ele.

Comente com seu Facebook

Continue Reading

História da TV

Carolina Ferraz odiou fazer minissérie que foi fracasso de audiência: “Estou tentando sair digna dessa história”

Published

on

Em suma, Carolina Ferraz protagonizou produção que foi fracasso de audiência e ela reclamou (Créditos: Divulgação)

Em suma, Carolina Ferraz protagonizou produção que foi fracasso de audiência e ela reclamou (Créditos: Divulgação)

Carolina Ferraz é hoje uma das apresentadoras do casting da Record, mas durante décadas trabalhou efetivamente como atriz. Desse modo, com talento e beleza, ela pôde protagonizar várias tramas, em diferentes emissoras, mas nem todas foram sucesso de audiência.

+ Regina Volpato passa por apuros durante voo de avião

Em O Fantasma da Ópera, da extinta TV Manchete, Carolina Ferraz vivia a mocinha, par romântico do ator Claudio Marzo, mas a história não empolgou e as reclamações se tornaram públicas. Aliás, a atriz disse, na época, que esse foi o seu pior trabalho na televisão.

Com uma beleza estonteante, Carolina Ferraz classificou a trama como a pior da sua carreira (Créditos: Divulgação)

Com uma beleza estonteante, Carolina Ferraz classificou a trama como a pior da sua carreira (Créditos: Divulgação)

“Ninguém tem a menor ideia de como a história vai acabar. Estou sem timing, nunca sei se estou na linha de interpretação certa. Acho que virei o fantasma da história, porque estou em todos os lugares e não estou em lugar nenhum”, falou ela à Folha de S.Paulo em outubro de 1991.

+ Então, Adriane Galisteu viveu trauma em estreia na novela Xica da Silva: “Uma coisa horrorosa”

“Estou tentando sair digna dessa história. Estou ciente dos riscos que estou correndo. Agora, só nos resta torcer para que Amazônia seja um grande sucesso”, acrescentou Carolina Ferraz, que coleciona mais sucesso na dramaturgia do que fracassos.

Enquanto Carolina Ferraz sofreu na minissérie da Manchete, Arthur Aguiar é a bola da vez na Globo:

 + Enfim, Arthur Aguiar vira a bola da vez na Globo e tem futuro definido

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, colunista do R7, Arthur Aguiar deve ser escalado para algum folhetim na programação logo após de deixar o Big Brother Brasil 22. Isso, claro, independente do resultado final, que será conhecido na semana que vem.

Comente com seu Facebook

Continue Reading

História da TV

Adriane Galisteu viveu trauma em estreia na novela Xica da Silva: “Uma coisa horrorosa”

Published

on

A apresentadora Adriane Galisteu estava cotada para apresentar o Power Couple Brasil na Record e deve seguir nos planos da emissora (Créditos: Reprodução)

Em resumo, Adriane Galisteu fez sua estreia como atriz na novela Xica da Silva, mas não se saiu tão bem (Créditos: Reprodução)

Sempre muito boa no que faz, Adriane Galisteu viveu uma fase mais conturbada na vida quando aceitou integrar o elenco da novela Xica da Silva, produzida e exibida pela extinta TV Manchete na década de 90. Essa foi a primeira novela inteira da profissional, que não teve boas experiências nos bastidores.

 + Enfim, Arthur Aguiar vira a bola da vez na Globo e tem futuro definido

“Essa novela foi um sucesso tão grande, não por causa dos meus peitos, mas porque as coisas aconteciam. Além dos meus pequenos peitos ‘ovos estalados’ de fora, era uma novela muito à vera”, contou Adriane Galisteu em 2019 para o programa Eletrogordo do Canal Brasil.

De fato, as cenas protagonizadas por Adriane Galisteu na trama eram bem pesadas (Créditos: Reprodução/Youtube)

De fato, as cenas protagonizadas por Adriane Galisteu na trama eram bem pesadas (Créditos: Reprodução/Youtube)

“Meu lugar era dentro de uma cachoeira em Xerém. Tinha umas cobras d’água, uma coisa horrorosa. Peguei de tudo nessa cachoeira: virose, escarlatina, foi muito difícil para mim”, adiantou a loira na época, que até fez sucesso com o folhetim.

+ Em suma, Globo se cansa da concorrência e decide atacar com tudo: “Não deixar passar nada”

“Fiquei tão traumatizada que no set, eu entrei na cachoeira e, quando voltei, a gente tinha sido assaltado. Roubaram todas as minhas roupas, equipamentos, a gente não tinha o que usar”, acrescentou Adriane Galisteu. Aliás, o trauma de Galisteu foi tão grande que ela só voltou a atuar, em uma novela inteira em 2018 na trama O Tempo Não Para, da TV Globo.

Por fim, Adriane Galisteu também foi criticada pelo diretor de Xica da Silva.

“A Galisteu entrou no projeto como estratégia de marketing. Nunca houve pretensão de grande atuação. Criei uma personagem que eu pudesse controlar. Bem ou mal, a crítica fala muito dela”, disse Walter Avancini para a Folha de S. Paulo em 1996.

“Clara vai ganhar ainda mais destaque dependendo do desempenho da própria Galisteu”, disse Avancini na época. “Sou muito exigente. Quero que os atores passem credibilidade. Alguns pensam que em novela de época as pessoas têm de andar como manequins e declamar o texto. Meu grande trabalho foi desfazer esse equívoco”, acrescentou.

Comente com seu Facebook

Continue Reading

⚡EM ALTA