CONECTE-SE CONOSCO

As influências de Stan Lee na dramaturgia brasileira

Publicado há

em

Débora Falabella como Nina, em “Avenida Brasil”, uma anti-heroína, conceito usado por Stan Lee nos anos 70 (Foto: Divulgação)


Muito se fala sobre o legado deixado por Stan Lee para os seriados de tv e para os cinemas, totalmente compreensível quando se entende que são estes os dois meios onde seus produtos estão sendo adaptados cada vez mais. É possível, contudo, ir além e enxergar influências do editor chefe da Marvel – ainda que sutis- em muitos outros produtos audiovisuais. As telenovelas brasileiras não fogem a regra e tem bebido cada vez mais de uma fonte que Lee popularizou lá nos anos 70, em um tempo em que o conceito ainda nem existia direito: Os anti heróis.
Tem se tornado cada vez mais comum os novelistas apostarem em figuras que fogem ao estereótipo tradicionais de mocinhos/vilões para serem os protagonistas de suas histórias. Nina, de “Avenida Brasil”, Clara, de “O Outro Lado do Paraíso” e Romero, de “A Regra do Jogo”, são claros exemplares disso. Figuras que fugiam ao padrão de preto-no-branco, estavam sempre no limiar de ética/moral e dispostos a ultrapassar limites (que em outros tempos, autor nenhum ousaria ultrapassar com aquele que lidera sua história) moralmente questionáveis para alcançar seus objetivos.
Esse tipo de personagem se tornou popular entre as histórias da Marvel, durante sua Era de Ouro. Homem-de-Ferro, Doutor Estranho, Punisher… São figuras que ganharam seu destaque, suas próprias histórias e que sempre estiveram no limiar entre fazer o que acreditavam ser certo e o que era moralmente correto perante a sociedade – o que, hoje, se encaixa perfeitamente no conceito de anti herói.
Outra ideia muito difundida por Lee nos quadrinhos da época e que hoje pode ser vista sendo replicada com frequências na telenovelas também é a figura da personagem feminina que não apenas espera para ser salva. Por mais que essa caricatura apareça em muitas das histórias da editora, há personagens fantásticas como Shuri, Pepper Poppins, Gwen Stacy e tantas outras que não esperam seus respectivos heróis para salvar o dia – da sua maneira, elas mesmo vão lá e o fazem às vezes. Que isso tenha sido parte importante de histórias nos anos 70, quando o machismo ainda era muito mais operante do que hoje, é algo a se louvar.
E, mesmo que sua importância para o mundo do cinema e dos seriados não fosse tão grande, só por esse tipo de atitude, Stan Lee já mereceria ser louvado.
Leia Também:
– Os acontecimentos mais marcantes da TV no dia 13 de novembro
– Kevin Spacey e José Mayer: o legado de dois astros acusados de assédio
– Anitta comenta sobre sua carreira: “Estou vivendo o meu sonho”

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Famosos

Apresentadora da Record quebra silêncio após ter sido agredida por ex namorado: “Deus está cuidando de tudo”

Publicado há

em

Apresentadora da Record quebra silêncio após ter sido agredida por ex namorado: "Deus está cuidando de tudo" (Foto: Divulgação)

Apresentadora da Record quebra silêncio após ter sido agredida por ex namorado: “Deus está cuidando de tudo” (Foto: Divulgação)

A apresentadora do Cidade Alerta da Record Goiás, Silvye Alves, quebrou o silêncio após ter sido agredida pelo seu ex namorado, Ricardo Hilgenstieler. Nesta quarta-feira, 23 de junho, a jornalista desabafou nas redes sociais e agradeceu o apoio do público após o caso de agressão vazar.

“Passo aqui para agradecer as mensagens, o carinho! Tenho muito orgulho de ser a mulher que sou, a mãe que sou… Deus está cuidando de tudo!”, escreveu a apresentadora em seu perfil oficial no Instagram. “Amar é verbo, não pronome possessivo. Descolonize seus afetos”, compartilhou ela na rede social.

+Antonia Fontenelle, após pedir emprego na Record, entrega convite para A Fazenda 13 e lista vaza

Pra quem não sabe, a apresentadora da Record foi agredida na última segunda-feira, 21 de junho. Ela procurou a Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) e fez o registro de ocorrência contra o ex namorado. Devido a agressão, ela precisou passar por procedimentos médicos.

Em comunicado enviado à imprensa, a Polícia Civil que cobriu o caso, informou que o empresário que agrediu a apresentadora da Record foi preso no aeroporto de Goiânia em ação de agentes da Polícia Federal. Confira a publicação da jornalista:

Apresentadora da Record foi agredida por ex e caso chocou o país

A família da apresentadora divulgou imagens da famosa após a agressão. Ela foi espancada e ficou com lesões no rosto, principalmente nos lados. As agressões, inclusive, aconteceram na frente do filho de Silvye. Aos prantos, ela informou que o ex namorado “rasgou de um lado para o outro”. Acusado de agressão, Ricardo pagou fiança de R$ 11 mil e foi solto.

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Antonia Fontenelle, após pedir emprego na Record, entrega convite para A Fazenda 13 e lista vaza

Publicado há

em

Antonia Fontenelle

Antonia Fontenelle recebeu convite para A Fazenda 13 (Foto: Divulgação)

A produção para a próxima temporada de A Fazenda está a todo vapor e a Record e a apresentadora Antonia Fontenelle está na mira da emissora para integrar o elenco do reality show.

Na última segunda-feira, 21 de junho, em seu canal no Youtube, Na Lata, Antonia Fontenelle contou que recebeu mais uma vez o convite da Record para participar do reality show. Ela contou que essa não foi a primeira vez que a emissora de Edir Macedo lhe fez uma proposta para estar no programa.

“Vou agradecer mais uma vez o Carelli que hoje, de novo, fez o convite através da produtora dele para que eu participasse dessa edição de A Fazenda”, declarou ela.

“Eu falei: não fico longe dos pintinhos, não tem condição alguma. Se ficar longe, eu enlouqueço, ainda mais sem contato. Eu não sobreviveria e daria uma de Gretchen: ia bater o sino para sair. Então, é melhor nem entrar”, explicou a youtuber.

A youtuber recebeu convite da Record (Foto: Divulgação)

Antonia Fontenelle recebeu convite para A Fazenda 13

Aproveitando a deixa, Antonia Fontenelle fez um pedido para Carelli. “Carelli, mais uma vez, obrigada pelo convite e carinho, mas eu nunca te pedi nada e vou aproveitar para deixar registrado aqui. Me deixa passar um dia só lá no meio do povo, gente. Só um dia”, implorou ela.

+Ratinho acende alerta vermelho, passa vexame em audiência e perde 1 a cada 3 telespectadores

“Não vou levar informação e nem trazer. Ou então, coapresentando, já que não tenho capacidade, sei lá porque, se não, teriam me chamado pelo menos para um teste de apresentar ‘A Fazenda’”, pediu a loira.

“Então, me deixem comentar. Em dia de eliminação, entrevistar o eliminado. Enfim, quero fazer parte de alguma forma. Agora, confinada, não consigo”, encerrou Antonia Fontenelle.

Vale dizer que até o momento alguns nomes sondados pela Record já foram revelados. Os ex BBBs Arcrebiano, Arthur Picoli e Felipe Prior estão na mira do canal.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Ratinho acende alerta vermelho, passa vexame em audiência e perde 1 a cada 3 telespectadores

Publicado há

em

Ratinho

Ratinho (Foto: Divulgação)

Ratinho tem enfrentado dificuldades para manter seu público no SBT. Há anos no ar, o apresentador está passando por um dos momentos mais difíceis da sua carreira.

Nos últimos meses, o Programa do Ratinho tem registrado os piores índices de audiência da história do programa. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do UOL e os dados divulgados pelo Kantar Ibope, no mês passado, o programa do SBT alcançou 5,6 pontos de média, com 9,1% de share (participação no universo de TVs ligadas) na Grande São Paulo.

Esse, no entanto, foi o pior índice de audiência registrado pelo Programa do Ratinho em 11 anos e o alerta vermelho já foi aceso no SBT.

Há 20 anos, no auge de sua carreira, Ratinho mantinha cerca de 15, 8 pontos de audiência e 21,4% de share no SBT. Sendo assim, o apresentador tem perdido um em cada três telespectadores ao longo dos anos.

+Renata Vasconcellos expõe transformação radical na bancada no JN: “É angustiante e doloroso”

Alguns fatores para o declínio dos números da atração foram apontados, como o fanatismo político do apresentador, o formato do Programa do Ratinho que não passa por renovação há anos, além do fato da atração estar enfrentando dificuldades naturais trazidas pela pandemia.

Ele, inclusive, prometeu mudanças drásticas em seu programa quando a situação da pandemia se normalizar no Brasil. “Quando voltar o auditório, nós vamos triplicar a quantidade de pessoas no auditório. Vai ser inteiro, vai ser maravilhoso, mas tem que esperar chegar as vacinas, a gente vacinar todo mundo, para que a vida toque a sua normalidade”, garantiu ele.

Ratinho (Foto: Divulgação)

Ratinho gera polêmica nas redes sociais

Conhecido por não ter papas na língua, Ratinho virou alvo de muitas críticas quando no início do ano defendeu uma intervenção militar no Brasil “igual a de Singapura”. Além disso, o apresentador se mostra confiante e satisfeito com o governo de Jair Bolsonaro e não lhe faz nenhuma crítica pública, mesmo quando o assunto é a vacinação atrasada no país.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA