Datena foi condenado após atacar Xuxa Meneghel publicamente (Foto: Reprodução)

Bomba! Datena ataca Xuxa, lhe chama de 'garota de programa' e é condenado na justiça

Deslize para ler mais
author-image
Por Gabriel Motta

24 Maio 2021

20 anos, Gabriel Motta é Jornalista - MTb 0090152/SP - e estudante de Publicidade e Propaganda pela USJT. Especializado em celebridades e televisão, também é leitor assíduo de cultura POP e tecnologia.

Datena, à frente do ‘Brasil Urgente’ na Band, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar uma indenização de R$ 50 mil à apresentadora Xuxa Meneghel. Isso porque, em 2017, o âncora do programa policial ofendeu a eterna rainha dos baixinhos, lhe chamando de ‘garota de programa’ e ‘imbecil’, em defesa do filho, Joel Datena.

+ Separação da família, salário no SBT e grande sonho: A vida íntima de Rebeca Abravanel

+ Ana Maria fala palavrão ao vivo e Catia Fonseca expõe fim de programa; a semana dos famosos

A informação é do colunista Rogério Gentile, do UOL. A princípio, a apresentadora havia se enfurecido com uma fala de Joel Datena, enquanto o mesmo comandava o ‘Brasil Urgente’. Na época, ele comentava sobre uma reportagem em que um menino de 10 anos dirigiu o carro da mãe. Sem papas na língua, ele expôs que caso fosse seu filho, lhe puniria fisicamente.

Contudo, ao ver a situação, Xuxa Meneghel fez questão de se posicionar nas redes sociais. “Como uma pessoa que deveria passar informação é tão desinformada? Uma criança não deve ser corrigida com porrada, é fato, é lei”, detonou ela.

Tomando as dores do filho, Datena fez questão de atacar a famosa. “Olha, pra dizer a verdade, uma das poucas vezes em que eu quis dar umas palmadas no meu filho Joel (e foram bem poucas), é quando ele assistia aquela garota de programa, infantil, que cresceu e continua infantil. E, além disso, imbecil”, diz ele, em um vídeo publicado nas redes sociais.

Por fim, o desembargador Enéas Costa Garcia não aceitou a defesa de Datena no processo, onde justificava ter lhe chamado de “garota de programa infantil” ao dizer sobre ela apresentar programas para crianças. “José Luiz Datena é um jornalista experiente, tem pleno conhecimento do significado das palavras e de sua repercussão na mídia”, afirmou. “O dano moral está caracterizado”, conclui. O apresentador foi condenado a pagar uma indenização de R$ 50 mil. Contudo, ele ainda poderá recorrer da decisão.


Artigo seguinte