Connect with us

Televisão

CNN descobre que funcionários não se vacinaram contra Covid-19 e toma atitude: “Demitidos”

Published

on

Canal CNN dos Estados Unidos demite três funcionários que não tomaram a vacina contra Covid-19 (Foto: Reprodução)

Canal CNN dos Estados Unidos demite três funcionários que não tomaram a vacina contra Covid-19 (Foto: Reprodução)

Parece que a segurança sanitária na CNN está mais rígida do que nunca. Desta vez, a emissora de televisão tomou decisão de demitir funcionários que não tomaram a vacina contra a Covid-19. Antes de mais nada, vale destacar que trata-se da emissora americana, e não a versão brasileira.

+ Em seguida, leia: Eduardo Moscovis se interna às pressas após receber diagnóstico de Covid-19 e situação preocupa

A princípio muitos se surpreenderam com a demissão de três funcionários na sede da CNN. Acontece que a empresa demitiu por não terem tomado a vacina contra a Covid-19. Segundo o site Variety, Jeff Zucker, presidente da CNN norte-americana, afirmou que é obrigatório que todos os empregados do canal estejam imunizados.

Acontece que alguns não seguiram a regra da CNN, e por isso a empresa decidiu demití-los do canal de notícias americano. O CEO da empresa ainda contou que flagou os ex-colaboradores em pleno ambiente corporativo sem terem tomado a vacina: “Na semana passada, fomos informados que três funcionários estavam entrando no escritório sem estarem imunizados”, iniciou.

Vale lembrar que a CNN Brasil não é a mesma empresa de sua 'mãe' americana (Foto: Reprodução)

Vale lembrar que a CNN Brasil não é a mesma empresa de sua ‘mãe’ americana (Foto: Reprodução)

CNN demite funcionários por regra da empresa

Em seguida, o presidente da CNN explicou: “Demitimos todos os três. Você precisa estar vacinado para vir ao escritório, e você precisa estar vacinado para trabalhar nas ruas, com outros funcionários, independente de entrar ou não no escritório”.

+ Fátima Sampaio, esposa do Cid Moreira, detona filho do jornalista e assume a verdade: “Aumentando a agressão”

+ Em seguida, leia: Ana Maria Braga relembra vez em que sentou em Ítalo Ferreira: “Colo mais famoso”

Por fim, o assunto repercutiu no Brasil, que também tem uma emissora de televisão com o mesmo nome. Mas vale lembrar que não se trata da mesma empresa. A empresa brasileira detentora dos direitos da marca CNN é a Novus Mídia.

Comente com seu Facebook

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Televisão

Jovem Pan contrata comentarista esportivo do SBT

Published

on

Mauro Cézar Pereira em Lima, na Final da Libertadores. Foto divulgação

Alvo da Jovem Pan, Mauro Cézar Pereira em Lima, na Final da Libertadores. Foto divulgação

A Jovem Pan acertou na última terça-feira (30) a contratação do jornalista Mauro Cezar Pereira, um dos principais nomes do jornalismo esportivo no Brasil. Em resumo, de acordo com o Noticias da TV, o comentarista participará do debate esportivo Esporte em Discussão a partir da próxima sexta-feira (3). Ele seguirá com seus trabalhos no SBT mesmo com o novo acordo.

Além da participação no programa, Mauro Cezar Pereira fará entradas ao vivo em algumas ocasiões na programação da Jovem Pan News, o canal de notícias do grupo, disponível em TV aberta e paga.

De acordo com a reportagem, as negociações já estavam avançadas desde o início do mês. O fator principal para que a Jovem Pan conseguisse trazer Mauro Cezar Pereira foi a não exclusividade. A prioridade do comentarista hoje é seu canal no YouTube, que conta com mais de 600 mil inscritos.

Além disso, foi por conta desse mesmo motivo que Mauro Cezar Pereira decidiu deixar a ESPN após a fusão com a Fox Sports. Atualmente o jornalista também trabalha em transmissões da Libertadores e da Champions League no SBT, mas seu acordo com a emissora é como prestador de serviços freelancer. O comentarista não tem um contrato fixo assinado, muito menos cláusula de exclusividade com a emissora de Silvio Santos.

+Repórter da Globo é interrompido em entrada ao vivo e agita web

Veja em qual atração irá trabalhar Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira vai trabalhar no programa Esporte em Discussão, um dos mais clássicos da Jovem Pan. Além de exibição no rádio, a atração é transmitida ao vivo nas redes sociais da Jovem Pan e conta com Wanderley Nogueira, Flávio Prado, Nilson César e o ex-jogador e ídolo do Corinthians Vampeta.

Com a contratação, a Jovem Pan está provando que quer investir mais em esporte. A empresa quer lançar um programa de debates na hora do almoço em seu canal de TV paga, no estilo “futebol raiz”, e que lembre o Fox Sports Rádio (2013-2020), sucesso no comando do Benjamin Back na TV paga. Pereira faria parte desse elenco. Benja negocia com a Jovem Pan para o comando desta atração. 

Comente com seu Facebook

Continue Reading

Televisão

Repórter da Globo é interrompido em entrada ao vivo e agita web

Published

on

O repórter da Globo teve sua entrada interrompida após um rapaz fazer gestos diante da câmera

Todavia, o repórter da Globo teve sua entrada interrompida após um rapaz fazer gestos diante da câmera

O repórter Anselmo Caparica não conseguiu passar suas informações aos telespectadores durante uma transmissão ao vivo no SP1 da última terça-feira (30). Em resumo, o jornalista estava dando detalhes sobre a nova variante da Covid-19 quando começou a ser imitado por um homem não identificado, que apareceu atrás dele na rua. Caparica cortou o que estava falando e devolveu o espaço ao âncora, Alan Severiano.

“Estamos aqui no [hospital] Tide Setúbal!”, gritou o pedestre ao imitar Caparica, que logo desconversou e pediu para cortarem a transmissão. “Volto com você, Alan, e daqui a pouquinho a gente traz mais informações. Vamos dar uma olhadinha na reportagem. Daqui a pouco a gente volta, Alan”, falou o repórter, visivelmente incomodado com a situação.

Além disso, o homem seguia murmurando atrás do jornalista enquanto o âncora anunciava a matéria gravada, que foi ao ar para cobrir o inconveniente. Na sequência, o repórter voltou ao SP1 para complementar as informações que foram interrompidas e não comentou mais o ocorrido.

+Globo: Buscando enxugar gastos, emissora vende até torres de transmissão; entenda

+Deolane Bezerra ostenta mansão de 1000m² custando R$ 8,7 milhões; veja vídeo

Em suma, a Globo e os ataques durante a pandemia

Durante a pandemia da Covid-19, a Globo conviveu com diversos ataques em muitas capitais e isso gerou um sinal de alerta dentro da emissora.

Por fim, o caso mais grave ocorreu em abril do ano passado, Renato Peters foi empurrado ao vivo por uma apoiadora de Jair Bolsonaro, que gritou: “A Globo é um lixo e [Jair] Bolsonaro tem razão!”. Quatro dias depois, a jornalista Mariana Aldano também foi interrompida por dois homens que saíram de uma fila na porta de uma agência da Caixa Econômica Federal e começaram a gritar “Globo lixo”.

Comente com seu Facebook

Continue Reading

Televisão

Globo: Buscando enxugar gastos, emissora vende até torres de transmissão; entenda

Published

on

Todavia, a Globo já realizou a gravação de sua famosa vinheta de fim de ano(Foto: Globo / Reginaldo Teixeira)

Todavia, a Globo já realizou a gravação de sua famosa vinheta de fim de ano(Foto: Globo / Reginaldo Teixeira)

Depois de anunciar muitas trocas nos profissionais com mais tempo de casa, a Globo fechou a venda de 17 torres de transmissão em diversas cidades do Brasil para a empresa IHS, sediada na Nigéria. De acordo com o notícias da TV, o objetivo da negociação é arrecadar dinheiro para investir em mais produções e reduzir custos de operação. O acordo foi aprovado pelo Cade (Conselho de Administração de Defesa Econômica).

Segundo a reportagem, o contrato começa a valer em janeiro. Mas, mesmo após a venda, a emissora seguirá usando os transmissores. Desse modo, o vínculo assinado exigem que os nigerianos cuidem de toda a infraestrutura do parque tecnológico. Os novos donos, porém, poderão ceder a estrutura também para outros concorrentes.

Ou seja, a Globo continuará a usar as torres para emitir seu sinal digital de TV aberta. No entanto, com gastos bem menores. A emissora não vai precisar mais desembolsar milhões em manutenção, como acontece hoje.

Junto com a venda das torres, a emissora também se desfez de 16 imóveis onde ficam parte das antenas. Esses foram arrematados pela empresa San Gimignano. 

+SBT renova com âncora de principal telejornal até 2023

Por fim, veja o motivo da Globo em vender suas torres de transmissão

Segundo os documentos do processo no Cade, a Globo vendeu suas torres de transmissão por enxergar uma oportunidade de enterrar dois problemas de uma vez. O maior deles envolve custos de operação, atualmente a principal causa de atenção na Globo.

Ainda de acordo com a reportagem, o balanço do último trimestre, divulgado pelo colunista Guilherme Ravache, do Notícias da TV, o Grupo Globo gastou 28% a mais em relação ao mesmo período do ano passado com operações técnicas e investimento em tecnologia. Os gastos chegam a ultrapassar a marca de R$ 1 bilhão.

Dessa forma, o objetivo da Globo é reduzir em até 25% o que se gasta com essas operações. No Cade, ela confirmou que “é uma oportunidade de desinvestimento de ativos, proporcionando a redução de custos com uma atividade secundária ao negócio principal”.

 

Comente com seu Facebook

Continue Reading

⚡EM ALTA