CONECTE-SE CONOSCO

Como seria o BBB nas mãos dos principais novelistas do Brasil

Publicado há

em

O BBB é uma novela. E, nesse ano, uma novela ruim. (Foto: Reprodução/Rede Globo)

O BBB 19 é uma novela, com seus mocinhos e vilões. Mas, além de Big Brother Brasil, é também uma novela ruim. (Foto: Reprodução/Rede Globo)

Considerado já algum tempo uma espécie de novela das 23h do povo brasileiro, o Big Brother Brasil desperta os mesmos sentimentos que uma novela: ódio, amor, apreensão, ansiedade… E a produção sabe disso. Tanto sabe que, ano após ano, trata a narrativa de seu reality, construindo mocinhos, vilões; dragões e moinhos de vento.

Na atual edição, a 19ª, a má repercussão e os números de ibope mais baixos de todos os tempos talvez possam se explicar com base nisso: Diferente de outros anos, onde além das clássicas figuras de vilões e mocinhos, havia personagens dúbios e que deixavam o jogo aceso, agora, há apenas os tipos padrões.

É como se o BBB 19 fosse uma novela ruim.

Os mocinhos

BBB 19: Danrley e Elana vencem prova de resistência e conquistam a terceira liderança. (Foto: TV Globo)

BBB 19: Danrley e Elana vencem prova de resistência e conquistam a liderança para os mocinhos. (Foto: TV Globo)

Uma novela que encontrou seus mocinhos nas mãos do chamado Grupo da Gaiola – pelo menos nas redes sociais. Nesse caldeirão, Rodrigo, Rízia, Gabriela e Elana emergem como mocinhos, vestindo a vestimenta de sofredores, perseguidos e julgados (E fica a critério de cada um se eles o são ou não). Eles são aqueles que lutam contra a opressão, a injustiça que veem no mundo e aquilo que acham que está errado. Por suas ações, são constantemente olhados tortos e vistos como mais fracos.

A exceção desse grupo é Danrley, que faz parte da Gaiola, mas já tem uma postura mais combativa. Ele seria, aqui, o clássico anti-herói: aquele personagem que tem boas intenções, tem objetivos, mas que não se importa de, às vezes, ter que agir de forma “diferente” para atingir seu objetivo.

Já Alan, também integrante desse grupo, pode ser considerado como coadjuvante: quase não aparece, quase não fala e quando o faz, é mais para despertar riso do que, de fato, algo interessante para o jogo.

Os vilões

BBB 19: Paula e Maycon fazem duras críticas a Danrley: "Arrogante. Tem que baixar a bolinha". (Foto: TV Globo)

BBB 19: Paula e Maycon fazem duras críticas a Danrley: “Arrogante. Tem que baixar a bolinha”. (Foto: TV Globo)

Para que todo mocinho exista, é preciso de um vilão que motive suas ações. No BBB19, essa função caiu no colo do grupo batizado de Villa Mix. Isabella, Maycon, Carolina e o já eliminado Diego foram aqueles que primeiro se uniram e, da forma de jogar deles, começaram uma guerra fria contra a Gaiola.

Não é que eles sejam de fato pessoas más ou ruins, mas as personas que eles construíram para si no jogo (e é preciso separar isso) são discutíveis, seja pelos comentários de teor preconceituoso, as atitudes de desprezo ou qualquer outro ato digno dos melhores vilões de Malhação.

Vilões-coadjuvantes

Em anexo aos vilões, mas sem brilhar como eles, vem aqueles sem grupo. Paula, Hariany, Teresa… Mesmo com maior proximidade do Vila Mix e tendo mais alvos no lado da Gaiola, eles não conseguem se impor no programa, não conseguem encontrar seu espaço e aparecem mais como jogadores solo e que, vez ou outra, tem destaque por algum comentário infeliz.

O típico, mas necessário, coadjuvante de luxo.

No fim das contas, é como se o BBB 19 tivesse todos os ingredientes para proporcionar um bom entretenimento, mas falta o básico: Um bom roteiro, que una tudo isso em uma história comprável e empolgante, como já aconteceu em edições como a 5, a 7 e 18.

Comente com seu Facebook

Advertisement
Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Audiência da TV

Audiência: Sabrina Sato bomba, Angélica cai e Maisa afunda

Publicado há

em

A apresentadora Sabrina Sato comanda o Game dos Clones, novo reality show da Record e estreou bem na audiência (Créditos: Reprodução)

A apresentadora Sabrina Sato comanda o Game dos Clones, novo reality show da Record e estreou bem na audiência (Créditos: Reprodução)

Por conta dos grandes índjces do reality show A Fazenda 12, Sabrina Sato estreou bem com o Game dos Clones, novo reality show da Record. A atração garantiu a vice-liderança de audiência.

+Mariana Godoy está na corda bamba na Band e deve sair do ar

De acordo com os dados prévios do ibope na Grande São Paulo, o Game dos Clones de Sabrina Sato garantiu 8.6 pontos de média, 13.6 de pico e 17% de participação nos televisores ligados na última sexta-feira (30).

Sabrina Sato estreou bem na audiência e deixou a Record na vice-liderança (Créditos: Reprodução)

Sabrina Sato estreou bem na audiência e deixou a Record na vice-liderança na Grand São Paulo (Créditos: Reprodução)

Enquanto isso, a Globo liderou com 16.3 de média, com o SBT em terceiro com apenas 4.7 pontos de audiência.

+ Globo parece não estar ligando para os ataques da CNN Brasil

A Band ficou com 0.5 décimos de audiência na faixa.

Audiência do sábado de Angélica e Maisa (31):

A apresentadora Angélica comanda o Simples Assim na Globo e caiu na audiéncia (Créditos: Reprodução)

A apresentadora Angélica comanda o Simples Assim na Globo e caiu na audiência, em comparação com a semana anterior(Créditos: Reprodução)

Já neste sábado (31) o Simples Assim voltou a cair a variou entre 8 e 9 pontos na Grande São Paulo, garantindo a liderança isolada, mas em queda livre.

Maisa apresentou o seu último programa no SBT e foi mal na audiência (Créditos: Reprodução)

Maisa apresentou o seu último programa no SBT e foi mal na audiência, ficando atrás da Record mais uma vez (Créditos: Reprodução)

Por fim, a despedida de Maisa não foi nada agradável para o SBT. O último programa registrou 6.1 pontos de média, 7.0 de pico e 12% de participação nos televisores ligados.

+ Record bate o martelo e define fila de novelas bíblicas até 2022

Enquanto isso, a Globo liderou com 10 pontos de média, a Record garantiu a vice-liderança com 6.5 de média. A Band ficou com 2.3 pontos.

+ SBT decide o futuro do jornalista Carlos Nascimento, afastado da emissora paulista desde abril

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Televisão

Mariana Godoy, na corda bamba na Band, faz anúncio

Publicado há

em

A apresentadora Mariana Godoy comanda o Melhor Agora, na Band, desde setembro (Créditos: Reprodução)

A apresentadora Mariana Godoy comanda o Melhor Agora, na Band, desde setembro (Créditos: Reprodução)

Mariana Godoy estreou há pouco mais de um mês o programa Melhor Agora, talk show exibido todas as noites de segunda-feira. Mas, ao que tudo indicada, a atração deve sair do ar em breve. A Band ainda não se pronunciou oficialmente.

+ Globo não está nem aí para a CNN Brasil

Mariana Godoy também não falou sobre o provável fim do seu programa na Band, mas usou o Instagram para anunciar os convidados da edição da próxima segunda-feira (02) do Melhor Agora.

Mariana Godoy fez anúncio no Instagram sobre o Melhor Agora, programa exibido pela Band (Créditos: Reprodução)

Mariana Godoy fez anúncio no Instagram sobre o Melhor Agora, programa exibido pela Band e deve sair do ar em breve (Créditos: Reprodução)

“Paulo Ricardo canta pra gente no Melhor Agora desta segunda com Eri Johnson, Antonia Morais e Reginaldo Leme. No feriado à noite”, escreveu a apresentadora Mariana Godoy.

Enquanto Mariana Godoy faz anúncio, SBT bate o martelo sobre Carlos Nascimento:

O jornalista Carlos Nascimento teve o futuro definido pelo SBT (Créditos: Reprodução)

O jornalista Carlos Nascimento teve o futuro definido pelo SBT e deve retornar ao ar a partir de dezembro, ao lado de Márcia Dantas (Créditos: Reprodução)

Ficou decidido o destino do jornalista Carlos Nascimento no SBT. Uma alta expectativa rondava a emissora quanto a volta do profissional, afastado desde abril por conta da pandemia do novo coronavírus.

+ Gênesis vai ter atores de Poliana Moça, após não renovação de contrato

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, colunista do portal R7, Carlos Nascimento retornará ao ar no SBT Brasil a partir do dia 1° de dezembro.

+Catia Fonseca, em guerra com Sonia Abrão, deve ser desfalcada no ano que vem

Marcelo Torres é quem vem substituíndo o jornalista na bancada do principal telejornal do SBT. Na volta, Carlos Nascimento vai seguir dividindo o jornalístico, agora, com Márcia Dantas.

+ Record toma decisão final sobre novelas bíblicas até 2022

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Visão Geral

Globo, em guerra com a CNN, parece estar nem aí

Publicado há

em

CNN Brasil voltou a atacar a Globo, mas não está tirando o sono da emissora carioca (Créditos: Reprodução/Montagem)

CNN Brasil voltou a atacar a Globo, mas não está tirando o sono da emissora carioca (Créditos: Reprodução/Montagem)

A Globo está vivendo uma guerra com a CNN Brasil, que resolveu atacar a emissora carioca mais uma vez e retirou dois nomes importantes do jornalismo: Gloria Vanique e Márcio Gomes. Ambos não ocupavam o posto de titular no canal.

+Em crise no SBT, atores de Poliana Moça procuram emprego na Record

Porém, a direção tem mantido-se bastante tranquila quanto aos ataques recebidos e não tem devolvido na mesma moeda. Aliás, a Globo não tem feito exatamente nada para contér a saída de vários nomes. Também não tem contratado mais ninguém.

O jornalista Márcio Gomes deixou à Globo após mais de 20 anos e agora é contratado da CNN Brasil (Créditos: Divulgação)

O jornalista Márcio Gomes deixou à Globo após mais de 20 anos e agora é contratado da CNN Brasil (Créditos: Divulgação)

Com um vasto time no jornalismo, a Globo pretende investir nos nomes que já tem no casting. Vanique e Márcio não eram considerados medalhões, por isso a falta de vontade da Globo em seguir com os profisdionais no time.

Mudanças previstas na Globo a partir do ano que vem:

O apresentador Rodrigo Bocardi se despediu da colega Glória Vanique, após saída dela da Globo para a CNN Brasil (Créditos: Reprodução)

O apresentador Rodrigo Bocardi se despediu da colega Glória Vanique, após saída dela da Globo para a CNN Brasil (Créditos: Reprodução)

Com as últimas saídas, Rodrigo Bocardi virou o nome do jornalismo.

+ Após afastamento, SBT decide futuro de Carlos Nascimento 

O profissional deve assumir o Bom Dia Brasil, no lugar de Chico Pinheiro em 2021.

Em suma, as estreias:

Já ficaram definidas as estreias dos novod jornalistas da CNN Brasil, incluindo Carla Vilhena.

Vilhena estreia no dia 03 no Visão CNN. Já Gloria Vanique vai dividir o CNN 360° com Daniela Lima e estreia no mesmo dia.

Por fim, apenas Márcio Gomes vai estrear na outra semana, às 18h com uma novidade, o CNN PrimeTime. Essa é mais uma investida da emissora para alavancar os índices de audiência, que despencaram.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA