Cynthia Benini e André Gonçalves (Foto: Reprodução)
Cynthia Benini e André Gonçalves (Foto: Reprodução)

Cynthia Benini não fica calada e fala sobre prisão de André Gonçalves após ator não pagar pensão

Deslize para ler mais
author-image
Por Raquel Lima

26 Novembro 2021

Cynthia Benini e André Gonçalves (Foto: Reprodução)

Cynthia Benini resolveu se manifestar pela primeira vez após André Gonçalves, pai de sua filha Valentina, ter a prisão decretada por falta de pagamento da pensão alimentícia.

Sendo assim, a jornalista, através de sua advogada Stella Marys Silva Pereira de Carvalho, afirma que o débito acumulado é fruto de muitos anos de inadimplência.

+A Fazenda 2021: Cancelado, Gui Araújo reage a acusações e nega aumentar os fatos: “Tenho provas”

“Todas as decisões judiciais estão transitadas em julgado, tendo sido garantido ao alimentante o respeito ao contraditório e ampla defesa”, afirma a representante da ex-companheira do ator.

No entanto, Sylvio Guerra, advogado de André Gonçalves, justificou que o artista não tem arcado com os pagamentos pois encontra-se desempregado. “A alegação de desemprego trazida à mídia já foi objeto de diversas análises judiciais ao longo dos anos, contra as quais, igualmente, não teve sucesso o alimentante em seus recursos. O desemprego formal, por si, não exime o responsável pelo pagamento dos alimentos aos filhos”, afirma, em suma.

A defesa de Cynthia e Valentina diz que as clientes respeitam todas as decisões judiciais proferidas e quaisquer ocorrências de ataques pessoais, ameaças, injúrias, calúnias etc., expressões de misoginia internalizada e culpabilização da vítima, “serão levadas ao conhecimento das autoridades constituídas para as providências cabíveis no âmbito criminal e cível”.

André Gonçalves (Foto: Reprodução)

André Gonçalves (Foto: Reprodução)

Dessa forma, o advogado de André Gonçalves sai em defesa do ator

Sendo assim, vale lembrar que, em entrevista para o site Natelinha, o advogado do ator, Sylvio Guerra, afirmou que seu cliente não tem condições financeiras, no momento, de pagar a dívida, que já é superior a R$ 350 mil. “Ele não tem dinheiro para pagar a pensão e cumprirá pensão domiciliar até que haja acordo entre ele e a mãe da filha dele. Essa prisão é com tornozeleira e ele não pode sair para trabalhar, só ficar em casa”, afirma o advogado.

Artigo seguinte