CONECTE-SE CONOSCO

Notícias da TV

Governo Bolsonaro não é o primeiro motivo de conflito entre Globo e RecordTV; relembre brigas das emissoras

Publicado há

em

Globo e RecordTV: quando mencionam a concorrente, os motivos não costumam ser elogiosos. Caso Bolsonaro não foi o primeiro (Foto: reprodução)

Globo e RecordTV: quando mencionam a concorrente, os motivos não costumam ser elogiosos. Caso Bolsonaro não foi o primeiro (Foto: reprodução)

O início do governo de Jair Bolsonaro reviveu uma das mais fortes polêmicas da televisão brasileira nas últimas décadas, opondo Globo e Record TV. No domingo (20), o Fantástico repercutiu a entrevista de Flávio Bolsonaro ao canal paulista. Ao noticiar a fala, a rede do outro lado da Dutra não perdeu a oportunidade de dar uma cutucada.

Ana Paula Araújo lembrou aos telespectadores que a Record TV não perguntou ao senador eleito (e por isso o telespectador ficou sem respostas) sobre o motivo dos 48 depósitos de 2 mil reais em sua conta (e não um único depósito direto), bem como a razão dele ter preferido receber parte da venda de seu apartamento em dinheiro vivo e não em cheque ou transferência, como é comum nesse tipo de transação.

Desde que o bispo Edir Macedo declarou apoio oficial para a candidatura de Bolsonaro, largando a base de Geraldo Alckmin ainda no primeiro turno, os eleitores do então candidato do PSL já vislumbravam a Record TV como a rede governista em caso de vitória. É a mesma impressão que o PT teve quando escolheu o canal para umas das últimas entrevistas de Lula como presidente, além das primeiras de Dilma Rousseff no cargo. Na época, o líder da Igreja Universal do Reino de Deus era simpático ao partido (ou ao menos ao resultado das urnas).

Os conflitos entre as redes vão muito além da política, contudo. Os canais já travaram uma longa batalha por direitos esportivos quando a Record TV tinha fôlego para brigar pelos principais eventos, chegando de fato a garantir os Jogos Olímpicos de 2012. Na época, a Globo precisou explicar ao público sobre a sua ausência. E preferiu exibir fotos de alguns eventos como forma de escapar de creditar a rival.

A decisão foi após uma polêmica nos Jogos Pan-Americanos de 2011, quando a Globo foi acusada pela concorrente de exibir imagens do evento sem autorização.

O futebol também rendeu alguns capítulos da rivalidade, com a briga pelos direitos do Brasileirão e até mesmo da Copa do Mundo, tentados em diversas oportunidades pela Record TV, que não conseguiu os tirar da Globo e foi ao ataque.

O capítulo mais eletrizante da discussão ocorreu sem utilizar políticos ou torneios esportivos como desculpa. Em 2009, o Jornal Nacional fez uma grande cobertura sobre o indiciamento de Edir Macedo por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, que depois não teria andamento na Justiça. O Jornal da Record rebateu o que classificou como “agressividade da TV Globo”.

O bispo chegou a conceder uma rara entrevista para a (sua) televisão, exibida no Repórter Record.

A atual polarização impede qualquer perspectiva de armistício num futuro próximo, restando como dúvida apenas se os duelos voltarão aos confrontos diretos ou se permanecem com certa sutileza.

Comente com seu Facebook

Advertisement
Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias da TV

Fátima Bernardes se revolta com governo de Bolsonaro e faz críticas ao vivo

Publicado há

em

Fátima Bernardes
A apresentadora Fátima Bernardes no Encontro (Foto: Divulgação)

Fátima Bernardes mostrou que não tem mesmo papas na língua e criticou o governo de Jair Bolsonaro ao vivo durante o Encontro desta quinta- feira, 14 de fevereiro.

Tudo aconteceu quando Fátima Bernardes, ao iniciar o seu programa matinal, mostrou uma nuvem com os assuntos mais comentados do momento. Foi aí que apareceu o nome e Paulo Guedes, Ministro da Economia, e Disney, como palavras em destaque nas redes sociais.

Em seu discurso em Brasília, Paulo Guedes falou sobre a alta do dólar e o lado positivo da moeda americana estar custando R$ 4,35. “Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para Disneylândia, uma festa danada. Pera aí”, disparou Paulo Guedes.

No pensamento do ministro de Jair Bolsonaro, como o dólar está alto, as pessoas passarão a viajar mais pelo Brasil e não escolherão uma viagem internacional tão cedo.

“Vai passear ali em Foz do Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, está cheio de praia bonita”, disse ele em Brasília.

Fátima Bernardes então entrevistou uma mulher que estava em sua plateia chamada Raquel e que trabalhava como empregada doméstica.

Ela foi questionada pela apresentadora da Rede Globo se já tinha viajado para a Disney, nos Estados Unidos.

“Não, mas eu não entendi a colocação do ministro de diminuir a nossa classe. Tenho certeza que foi uma doméstica que criou o filho dele, fez comida pra ele, e ela não merece ir pra Disney?”, disparou a convidada do programa Encontro. “Eu pretendo levar meus filhos para viajar. Nós ficamos indigadas, porque ter um ministro da Economia com esse pensamento nós não aceitamos”, completou Raquel.

“Olha, eu acho que você pode ir pra Disney, pro Nordeste, você pode ir pra qualquer lugar. Quem diz para onde a gente vai é a gente, principalmente as pessoas que trabalham honestamente e ganham seu dinheiro honestamente”, respondeu Fátima Bernardes, que foi aplaudida pela plateia.

“Com o dólar alto não é só a viagem que fica ruim, fica ruim pra todo mundo”, completou a apresentadora do Encontro. “Como se viajar pelo Brasil estivesse fácil, né, Fátima?”, acrescentou André Curvello, em referência aos preços altos de pacotes de viagem para o Nordeste. “Muitas vezes se opta pelo exterior porque fica mais barata a passagem, né”, concordou a apresentadora, que depois deu seguimento ao seu programa.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Angélica recebe nova chance e retorna para a Globo com nova atração após ‘geladeira’

Publicado há

em

Angélica
A apresentadora Angélica está se preparando para voltar ao ar (Foto: Divulgação)

Após quase dois anos na ‘geladeira’ da Rede Globo, a apresentadora Angélica recebeu uma nova chance para retornar às telinhas da emissora.

Aos 46 anos de idade e um dos principais nomes da TV, Angélica enfrentou maus bocados ao londo da sua carreira pra lá de bem sucedida.

No entanto, a má fase de Angélica com a emissora parece ter chegado ao fim e a esposa de Luciano Huck está se preparando para voltar ao ar.

Os fãs da apresentadora, aliás, já podem comemorar a aguardar ansiosos pelo retorno de Angélica. É que a famosa já começará a fazer as gravações do seu mais novo programa na próxima semana. Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Globo, a atração comandada pela loira tem a sua estreia prevista para acontecer no dia 18 de abril.

O novo programa de Angélica irá ocupar o lugar do programa musical Só Toca Top, que só deve retornar ao final do ano com novos apresentadores.

Ainda segundo Fábia Oliveira, o diretor Geninho Simonetti, que trabalhou com Angélica enquanto a famosa apresentada o ‘Estrelas’, continuará a sua parceria com ela. Para o novo programa da apresentadora, ele já garantiu seu lugar como diretor da atração.

Angélica
A apresentadora está se preparando para voltar ao ar (Foto: Divulgação)

Outro nome de peso é o de ninguém mais e ninguém menos que Boninho, padrinho da loira, que ficará responsável pela direção de núcleo do programa da loira. Vale lembrar que Boninho foi quem levou Angélica para a TV há 23 anos.

Sobre o novo programa, trata-se de um formato original idealizado por ela e terá características bem diferentes dos programas que estão no ar. O programa terá como objetivo abordar o comportamento humano tendo como foco a felicidade.

Apesar dos rumores que surgiram, o nome da atração da apresentadora ainda não teve um nome definitivo definido pela Rede Globo.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Tiago Leifert é linchado e pode perder espaço na Globo: “Cancelado”

Publicado há

em

O apresentador Tiago Leifert está sendo cancelado na web e acabou na corda bamba na Globo. Saiba os detalhes. (Crédito: Reprodução/Globo)
O apresentador Tiago Leifert está sendo cancelado na web e acabou na corda bamba na Globo. Saiba os detalhes. (Crédito: Reprodução/Globo)

O apresentador Tiago Leifert está sendo linchado nas redes sociais e isso está amendrontando a direção da TV Globo. As declarações de Leifert sobre o BBB, atuais e do passado, estão fazendo com que o público peça a saída dele do comando do reality show.

De acordo com informações da jornalista Keila Jimenez, colunista do portal R7, Tiago Leifert está corda bamba na Globo. Os diretores estão com medo de de que a imagem do apresentador fique queimada perante ao público, fazendo com que os patrocinadores desistam de atrações comandadas por ele.

O apresentador Tiago Leifert está gerando medo nos diretores da Globo. (Crédito: Reprodução)
O apresentador Tiago Leifert está gerando medo nos diretores da Globo. (Crédito: Reprodução)

Bruno Gagliasso, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank, além da ex-BBB Ana Paula Renault, são alguns famosos que estão “cancelando” Tiago Leifert na web. Milhares de anônimos fizeram o termo #ForaThiago ficar entre um dos assuntos mais comentados no Twitter nos últimos dias.

Tiago Leifert é um nome promissor na Globo. Começou no esporte e logo tomou conta da programação do canal carioca. Esteve no É de Casa, comanda o The Voice Brasil, além do BBB, a Central da Copa e também o programa de game Zero 1. Tiago é considerado “pau para toda obra”, mas está sob pressão na emissora após milhares de críticas.

Record quer Otaviano Costa para substituir Gugu

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, colunista do portal UOL, a direção da Record ainda procura por alguém para assumir as funções de Gugu Liberato, que faleceu no final do ano passado, à frente de pelo menos dois programas. Otaviano Costa seria a solução.

E para quem não se recorda: Otaviano Costa já comandou alguns programas na Record, entre eles o Domingo Espetacular. Também atuou em algumas produções na dramaturgia do canal paulista.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA