CONECTE-SE CONOSCO

Jornalistas ilhados, links invadidos e prefeito por telefone: Globo se sobressai em cobertura da chuva no Rio

Publicado há

em

Registro da TV Globo mostra temporal que alagou diversas ruas do Rio de Janeiro. (Foto: reprodução)

A noite de quarta-feira (6) foi marcada por um forte temporal no Rio de Janeiro. Até o fechamento desta reportagem, a Prefeitura confirmava ao menos duas mortes, registradas em um deslizamento de terra na Rocinha e com o desabamento de uma casa em Guaratiba. O motorista de um ônibus atingido por uma árvore está desaparecido. 

Vias importantes, como a auto-estrada Grajaú-Jacarepaguá, a avenida Niemeyer e o túnel Zuzu Angel foram interditadas. Árvores caídas atrapalharam o tráfego de volta do carioca para casa em muitas outras localidades. Uma das imagens mais dramáticas foi a de um homem sendo arrastado pela enxurrada na Rocinha. Segundo a Globo, ele sobreviveu e passa bem. A emissora já havia sentido diretamente os efeitos da chuva na segunda (4), com um desabamento (sem vítimas) na casa do BBB.

As autoridades declararam estágio de crise, o mais elevado possível, por volta das 22h. Sirenes de alerta foram acionadas em diversas comunidades, enquanto bairros sofreram quedas no fornecimento de energia elétrica. Em Copacabana, a medição apontou ventos de até 110 quilômetros por hora, pouco menos do que seria a força de um tornado.

Sediada no Rio, a Globo se sobressaiu no acompanhamento do caos causado pelas chuvas. Não teria muito trabalho para tal, é fato. Nenhum outro canal fez boletins nas primeiras quatro horas seguintes após a elevação do estado de alerta para o de crise. 

A primeira entrada sobre o assunto veio na esteira de um outro problema: com a queda de energia em Juazeiro (BA), onde Juazeirense e Vasco duelavam pela Copa do Brasil (o jogo acabou em 2 a 2), Luis Roberto chamou inicialmente as cenas que circulavam pela internet da tempestade. O comentarista Roger Flores revelou que seus familiares sugeriram que seria melhor ele ficar no Jardim Botânico, de onde participou da transmissão, do que tentar voltar para casa.

Com o atraso pelo problema elétrico, a partida teve os seus minutos finais exibidos inclusive para quem acompanhava a derrota do São Paulo na Taça Libertadores da América. Ao final da transmissão em rede, Renata Lo Prete realizou um boletim do Jornal da Globo atualizando a situação.

O JG se mostrou exemplar no esforço de mobilização como única atração em rede aberta até então a destacar os efeitos de uma das chuvas mais fortes a atingir o Rio nos últimos anos. Da redação de São Paulo, Lo Prete acionou por diversas vezes a repórter Marina Araújo, que trouxe detalhes da redação do Rio de Janeiro, que em condições normais assumiria o plantão apenas ao fim do Hora 1. A prioridade do ao vivo, vale lembrar, não impediu que outras pautas relevantes, como os desdobramentos da tragédia em Brumadinho e a nova condenação do ex-presidente Lula fossem devidamente abordadas. 

Marina revelou que, como é comum na região após fortes precipitações, o Jardim Botânico foi um dos pontos mais afetados. A sede da Globo ficou ilhada e os profissionais não conseguiram sair nem mesmo para comer.

Erick Rianelli, um dos repórteres mais chamados ao longo da noite, não conseguiu fazer o caminho inverso e entrar no local para bater o ponto. Iniciou o seu expediente diretamente da rua, mostrando o alagamento que tomou a Voluntários da Pátria, no bairro de Botafogo.

No Jardim Botânico, Lilian Ribeiro exibiu a cena que se tornou padrão em todas as zonas da capital fluminense, com pedestres e motoristas absolutamente ilhados. Houve quem tentasse (sem sucesso) atravessar o alagamento, ultrapassado apenas por veículos maiores, como caminhões.

Ambos também fizeram participações na boa cobertura ancorada por Erick Bang na GloboNews, que ouviu ainda meteorologistas por telefone. Igualmente foi por uma ligação que o prefeito Marcelo Crivella disse estar em reunião já trabalhando na gestão da crise. Ele apontou que até os meteorologistas se surpreenderam com a força das águas.

Na TV aberta, possivelmente por aí passar a se tratar de uma chamada interestadual, as tentativas de falar com o chefe do Executivo carioca foram marcadas por interferências do sinal. Crivella, que depois entraria ainda no SBT Notícias, foi lembrado também nas ruas, com um transeunte o agradecendo ironicamente aos gritos durante um link. Houve também quem tentasse demonstrar a similaridade da situação com um torneio de nado sincronizado. 

Na GloboNews, a abordagem foi ainda mais invasiva, mas Lilian Ribeiro se saiu bem ao despachar o homem que tentou atrapalhar seu link.

Ao longo da madrugada, Marina Araújo seguiu fazendo flashes locais durante os intervalos comerciais. Pela manhã, com os deslocamentos normais, já que não foi decretado ponto facultativo pelo prefeito ver uma fácil retomada da normalidade, a expectativa é de que a televisão também tenha grande importância para o cidadão do Rio de Janeiro conseguir sair de casa.

Comente com seu Facebook

Advertisement
Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BBB20

BBB20: Felipe abre o olho de Victor sobre imunidade e acaba com estratégia da casa

Publicado há

em

Neste domingo, 16 de fevereiro, no BBB20, Felipe Prior decidiu conversar com Victor Hugo sobre a imunidade que ele pode entregar para alguém na formação do paredão de logo mais.

Toda a casa espera que ele entregue a imunidade para Gizelly para que ela não vá para o paredão contra Marcela Mc Gowan. No entanto, o arquiteto abriu os olhos do psicólogo.

“Eu entendo que seu voto [em mim] foi de defesa. E pode ter certeza que a gente ainda vai dar vários votos um no outro por defesa. Porque vai ir eu ou você, ou o Lucas, está assim”, avaliou o brother. “Pois é”, respondeu Victor Hugo.

“Toma cuidado, que às vezes a pessoa que você está protegendo, não está te protegendo”, alertou o paulista. “Estou ligado, mas não estou protegendo ninguém atualmente. Minha primeira oportunidade vai ser hoje”, comentou o anjo da semana.

“Joga na sua balança e vê se a pessoa também te protege. Eu e o Lucas, a gente sabe que um protege o outro, por mais que ele faça merda”, aconselhou o arquiteto. “Você sabe que eu não tenho essa pessoa aqui”, respondeu o brother no reality show da Rede Globo.

Felipe Prior saiu do quarto e Victor Hugo começou a falar sozinho. “Ele está falando do Pyong, só que eu estou conhecendo o Pyong agora. E apesar de tudo isso, ele quis me defender, mas não consigo dar imunidade para o Pyong. Se dou para a Gizelly, boto o meu na reta”.

Vale dizer que, mais cedo, Victor Hugo continuou falando sobre imunidade. É que o brother não está querendo dar a imunidade para Gizelly assim como tinha combinado com algumas pessoas da casa do BBB20.

Neste domingo, 16 de fevereiro, Victor Hugo comentou sobre a formação do paredão que acontece logo mais. “Por que não segui a minha intuição? Deveria ter seguido. Por isso vou pensar bem em relação a esse anjo, porque a minha intuição não diz que é para ir na Gizelly, desde o primeiro momento”, comentou o brother.

“Mas eu tenho que pensar e analisar bem”, completou o maranhense, que pode imunizar alguém. “Mas não gasta querendo fazer média, senão vai te queimar”, aconselhou o hipnólogo. “Jamais”, respondeu Victor Hugo.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

BBB20

BBB20: Victor volta atrás e desiste de salvar Gizelly do paredão

Publicado há

em

BBB20
Victor Hugo no BBB20 (Foto: Divulgação)

Victor Hugo não está querendo dar a imunidade para Gizelly assim como tinha combinado com algumas pessoas da casa do BBB20.

Neste domingo, 16 de fevereiro, Victor Hugo comentou sobre a formação do paredão que acontece logo mais. “Por que não segui a minha intuição? Deveria ter seguido. Por isso vou pensar bem em relação a esse anjo, porque a minha intuição não diz que é para ir na Gizelly, desde o primeiro momento”, comentou o brother.

“Mas eu tenho que pensar e analisar bem”, completou o maranhense, que pode imunizar alguém. “Mas não gasta querendo fazer média, senão vai te queimar”, aconselhou o hipnólogo. “Jamais”, respondeu Victor Hugo.

Ainda sobre o BBB20

Guilherme resolveu comentar sobre a polêmica que tomou conta do BBB20. Lucas, sem motivo aparente, optou por não ajudar com suas estalecas nas compras de produtos para a cozinha da xepa. Possuindo altos valores, o brother simplesmente escolheu não entregar o dinheiro virtual do programa.

Bianca Andrade, juntamente com Flayslane, comentaram o assunto. Nisso, Lucas passou por ela berrando: “Não vai faltar comida, Bia, não vai faltar comida”. “O que o Lucas fez foi pior. Tu vai conversar com ele é isso, a atitude que ele teve agora”.

“Eu não estou comparando o Lucas com o Daniel, mas eu entendo o motivo. Mas você pode fazer outras coisas”, disse o modelo sobre a tática do fisioterapeuta no BBB20. Já Bia reparou na fome do ator: “Hoje ele bateu um pratão de novo. Eu estava com fome e não repeti. Parece que a gente está fazendo fofoca, mas é f***. Eu também tava morrendo de fome”.

“A pessoa tem que ter consciência. Tinha gente que nem tinha se servido… Espera e repete. Aí ele faz um prato de 2 pessoas e a pessoa não. Para mim, ele tinha que ser a última pessoa a se servir”, afirmou Guilherme no reality show da Rede Globo.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

BBB20

BBB20: Guilherme define voto para paredão: “Pyong”

Publicado há

em

BBB20
Guilherme no BBB20 (Foto: Divulgação)

Guilherme já decidiu quem irá indicar para o paredão neste domingo, 16 de fevereiro, no BBB20 e surpreendeu com a sua decisão no reality show da Rede Globo.

Em conversa com Gabi Martins, Guilherme avisará que tem pensado em indicar Lucas Galinna para o paredão, mas que também tem Pyong Lee como opção, o que deixou todo mundo chocado.

Os brothers estavam especulando se Felipe Prior, que atendeu ao Big Fone, teria recebido imunidade ou o poder de imunizar alguém. Foi aí que o casal de namorados falou sobre Lucas, que não doou nenhuma estaleca para as compras do grupo da Xepa.

“Ele está pensando ali no que ele faz”, disse Gabi. Foi aí que Guilherme entregou o seu voto. “Se ele imunizar Lucas, voto em Pyong, se ele não imunizar, voto em Lucas”, disse o líder da semana. “Agora se ele não imunizar… Pode ser autoimune não?”, questionou a sister, que então continuou: “Se ele imunizar o Lucas, ele sabe que o povo vai votar nele”. “Exato”, concordou Guilherme.

Ainda sobre o BBB20

Guilherme resolveu comentar sobre a polêmica que tomou conta do BBB20. Lucas, sem motivo aparente, optou por não ajudar com suas estalecas nas compras de produtos para a cozinha da xepa. Possuindo altos valores, o brother simplesmente escolheu não entregar o dinheiro virtual do programa.

Bianca Andrade, juntamente com Flayslane, comentaram o assunto. Nisso, Lucas passou por ela berrando: “Não vai faltar comida, Bia, não vai faltar comida”. “O que o Lucas fez foi pior. Tu vai conversar com ele é isso, a atitude que ele teve agora”.

“Eu não estou comparando o Lucas com o Daniel, mas eu entendo o motivo. Mas você pode fazer outras coisas”, disse o modelo sobre a tática do fisioterapeuta no BBB20. Já Bia reparou na fome do ator: “Hoje ele bateu um pratão de novo. Eu estava com fome e não repeti. Parece que a gente está fazendo fofoca, mas é f***. Eu também tava morrendo de fome”.

“A pessoa tem que ter consciência. Tinha gente que nem tinha se servido… Espera e repete. Aí ele faz um prato de 2 pessoas e a pessoa não. Para mim, ele tinha que ser a última pessoa a se servir”, afirmou Guilherme no BBB20.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA