CONECTE-SE CONOSCO

Notícias da TV

Racismo: apresentadores negros são exceções na TV brasileira

Publicado há

em

Consciência Negra: Glória Maria, repórter da TV.

Glória Maria é exceção. São poucos os apresentadores negros na TV. (Foto: Reprodução).


A televisão traz um vasto leque de programação, para todos os tipos de gosto e em todos os horários. Muitas vezes, os responsáveis por fazer a dinâmica dos programas dar certo são os apresentadores. Porém, mesmo com todo esse espaço para apresentadores tanto na TV aberta quanto na paga, os apresentadores negros são menos comuns na televisão brasileira – principalmente quando se trata dos horários mais nobres.
Tente se lembrar de algum apresentador negro que você viu na semana passada. Talvez você se lembre de dois ou três. Agora, tente se lembrar de um apresentador negro que você viu no domingo passado. Mais difícil, certo? Isso porque não há nenhum nas cinco principais emissoras de tv aberta do país. Os apresentadores negros praticamente ficam escondidos, além de ser poucos.
No início da década de 2000, período no qual o movimento anti-racismo e intolerância racial ganhou força, Netinho de Paula estava a frente de um programa dominical, onde mostrava-se uma pessoa preocupada com a população da periferia e que sendo pobres e negros, se tornariam objeto de discriminação e vítima da falta de oportunidade para conquistar uma vida melhor. Sua tentativa para melhorar a vida dessas pessoas foi o programa Domingo da Gente, onde criou o quadro Dia de Princesa, no qual ele tentava aumentar a autoestima de jovens moças que viviam na periferia através de atitudes afirmativas, como um dia no salão, doação de dinheiro, cursos de capacitação profissional, entre outros – tipo de programa que está mais raro hoje em dia.
Recentemente, Lázaro Ramos também esteve à frente de um programa, mas este foi nas tardes da Globo.
Há um certo tipo de dificuldade por parte do público e principalmente dos diretores em entregar programas de entretenimento com temática voltada especialmente aos negros. Mesmo com tentativas ao longo dos anos unindo temas que agrado comum com temas que as emissoras consideraram mais agradáveis aos negros, poucos caíram no gosto do público, como o Esquenta, programa apresentado por Regina Casé que é um sucesso para todos os telespectadores.
Apesar da diminuição do racismo em todo o país nos últimos anos, graças à maior informação por parte da população e aos movimentos negros que buscam igualdade, movimentos principalmente na internet, ainda há grupos preconceituosos e conservadores que rejeitam a inclusão social, declarando que se trata de “vitimismo”, o que infelizmente ainda consegue se espalhar.
A tendência para os próximos anos é de que apresentadores, atores e diretores negros consigam conquistar mais espaço na TV brasileira, uma vez que são cerca de 51% da população nacional. Nos Estados Unidos, por exemplo, onde “o futuro sempre chega primeiro”, boa parte dos nomes mais consagrados em programas de auditório são de apresentadores negros.
Leia também:
— Como Taís Araújo se tornou o principal símbolo negro da TV Brasileira
— Canal Nostalgia: marcos da TV no dia 20 de novembro
— Fiasco: Após anos, novelas da Globo ficam de fora do Emmy Internacional

Comente com seu Facebook

Advertisement
CLIQUE PARA COMENTAR

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias da TV

Xuxa é cogitada para comandar programa na Record, mas acaba vetada

Publicado há

em

A apresentadora Xuxa Meneghel teve o nome vetado pelos executivos para comandar o programa Canta Comigo, que era apresentado por Gugu Liberato (1959-2019). (Foto: Divulgação/RecordTV)

A apresentadora Xuxa Meneghel teve o nome vetado pelos executivos para comandar o programa Canta Comigo, que era apresentado por Gugu Liberato (1959-2019). Saiba quem são os apresentadores cotados para assumirem a vaga do loira na emissora paulista. (Foto: Divulgação/RecordTV)

Fique por dentro do que pode acontecer na programação da RecordTV para o ano que vem sem a presença do apresentador Gugu Liberato, falecido há poucas semanas. Xuxa Meneghel teve o nome vetado para substituir o comunicador em um dos programas

Após a morte do apresentador Gugu Liberato (1959-2019) dois programas exibidos pela RecordTV estão sem comando para o ano que vem. Muito vem se comentando sobre quem poderia substituir o comunicador, que nós deixou de forma repentina.

Marcos Mion, Rodrigo Faro, Luiz Bacci, Sabrina Sato e Xuxa Meneghel são os apresentadores com possibilidades de substituir Gugu no Power Couple Brasil e no Canta Comigo, as atrações que ele apresenta em diferentes períodos do ano.

Os apresentadores Rodrigo Faro e Marcos Mion são cotados para substituírem Gugui na Record. (Foto: Divulgação/Record)

Os apresentadores Rodrigo Faro e Marcos Mion são cotados para substituírem Gugu na Record. O Power Couple Brasil e o Canta Comigo eram os programas que Liberato apresentava na emissora de Edir Macedo e que agora precisam de novos apresentadores. Saiba os detalhes dessa situação. (Foto: Divulgação/Record)

De acordo com informações do programa A Tarde é Sua, da RedeTV, Xuxa até foi pensada para comandar o Canta Comigo, reality que Gugu apresentava no segundo semestre do ano, mas o nome dela foi vetado pelos executivos donos do formato.

Nenhum martelo ainda foi batido quanto o que acontecerá com as atrações que eram apresentadas por Gugu na emissora. A assessoria da RecordTV prefere não se manifestar, mas uma decisão deve ser tomada já no próximo mês. Marcos Mion é o mais cotado para comandar o Power Couple Brasil, já que está sem programa no primeiro semestre do ano.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Globo dispensa apresentador após anos de contrato e deixa programa desfalcado

Publicado há

em

Fátima Bernardes apresenta o programa Encontro, nas manhãs da Globo, e perdeu um dos seus co-apresentadores. (Foto: Reprodução)

A apresentadora Fátima Bernardes apresenta o programa Encontro, nas manhãs da Globo, e perdeu um dos seus co-apresentadores. Mais demissões ainda estão previstas na emissora carioca e isso tem deixado muita gente de cabelo em pé. (Foto: Reprodução)

Fique por dentro das demissões que estão assustando os funcionários da TV Globo nesse final de ano. A emissora não está poupando ninguém e decretou a demissão de um famoso nesta quarta-feira (11). Confira todos os detalhes

Chegou ao fim o contrato de mais um apresentador com a TV Globo. A emissora carioca não vem poupando ninguém nos últimos anos e promovendo cortes em diferentes áreas, como jornalismo, entretenimento e dramaturgia.

De acordo com informações da jornalista Carla Bittencourt, do jornal Extra, Lair Rennó é a nova vítima dos cortes da Globo. O apresentador, que auxiliava e substituía Fátima Bernardes no programa Encontro, foi demitido após sete anos de contrato.

Lair Rennó era um dos co-apresentadores e parceiros de Fátima Bernardes no Encontro, exibido nas manhãs da TV Globo. (Foto: Divulgação)

Lair Rennó era um dos co-apresentadores e parceiros de Fátima Bernardes no Encontro, exibido nas manhãs da TV Globo. (Foto: Divulgação)

Lair, aliás, era o único que estava desde o início da atração ao lado de Fátima Bernardes. O co-apresentador foi comunicado na manhã desta quarta-feira (11) sobre a decisão da emissora carioca e ainda não se manifestou publicamente sobre a situação.

Vale destacar que a direção da Globo, há poucos dias, decretou o fim do programa Como Será?, apresentado por Sandra Annenberg aos sábados, e demitiu toda a equipe da atração semanal. A decisão, mais uma vez, pegou muita gente de surpresa e causou muito choro nos bastidores.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

CNN Brasil quer tirar Ernesto Paglia da Globo

Publicado há

em

Ernesto Paglia está sendo sondado pela CNN (Foto: Reprodução)

Ernesto Paglia está sendo sondado pela CNN (Foto: Reprodução)

CNN Brasil mostrou que chegou ao Brasil pronta pra montar uma equipe de peso, e está disposta a tirar jornalistas de suas emissoras, sejam ela qual for. Com isso, está estudando fazer uma proposta ao renomeado jornalista e apresentador Ernesto Paglia para que ele passe a compor o já numeroso casting do canal.

Caso isso seja possível, a emissora comandada por Douglas Tavolaro e Rubens Menin ganharia pontos com a apresentadora Sandra Annenberg, pois só assim ela poderia aceitar o convite da CNN, e enfim deixar a Globo, onde está insatisfeita, e trabalharia ao lado do marido.

A experiência de Ernesto Paglia é incontestável e estaria acima de todos os outros que já foram contratados pela emissora, exceto William Waack, seu ex-colega da Globo.

Ernesto Paglia está sendo sondado pela CNN (Foto: Reprodução)

Ernesto Paglia e sua esposa Sandra Annenberg estão sendo sondados pela CNN (Foto: Reprodução)

Ernesto Paglia pode ser o grande comandante de reportagens especiais se a direção da CNN não quiser aproveitá-lo em todo seu potencial, ou o canal pode colocá-lo à frente de um projeto solo para fazê-lo brilhar diante de todo seu talento.

Ernesto Paglia é formando em jornalismo pela ECA-USP, e iniciou sua carreira em 1979 como repórter da Rádio Jovem Pan em São Paulo. Cobriu a Copa do Mundo da Espanha em 1982, apesar do Futebol não ser a sua praia, ele ainda cobriu outras Copas como no México (1986), Itália (1990), EUA (1994), Japão/Coreia (2002), Alemanha (2006), África do Sul (2010) e Brasil (2014).

Em 1986 Paglia, aos 27 anos de idade foi enviado para Londres como correspondente internacional, depois foi enviado para Bagdá e cobriu o conflito do Irá-Iraque, até 1989.

Por cinco vezes (2004, 2007, 2009, 2011, 2017) recebeu o título de “Mestre do Jornalismo” pelo prêmio Comunique-se. Em 2011 lançou o livro “ Diario de Bordo – JN no ar – Cruzando o País Numa Cobertura Histórica”, pela editora Globo.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA