CONECTE-SE CONOSCO

Netflix coloca duvida sobre a condenação de Wallace Souza em ‘Bandidos na TV’

Publicado há

em

A Netflix estreou nesta Sexta-Feira (31) o documentário que conta a historia da carreira de Wallace Souza apresentador do programa mais popular do estado de Amazonas Canal Livre, da TV Rio Negro. O programa mais popular da historia da televisão brasileira exibido entre a década de 1990 ao início dos anos 2000 em manaus (AM)

A historia descreve a vida e o dia a dia do programa e de como as noticias eram exibidas ao vivo, e como o programa chegava até os acontecimentos mesmo antes da policia. Wallace Souza, que afirmava estar a serviço da população e era considerado um herói por parte dos moradores da periferia da cidade.

Autor das frases “Manaus não pode virar uma terra sem dono” e “Bandido merece bala” Wallace era conhecido por ser um apresentador que falava a verdade e o que a população queria ouvir. O programa mais marcante da vida do apresentador foi quando, mesmo antes da policia, o programa chegou e encontrou um corpo ainda em chamas “Cheiro de carne queimada, passada do ponto” .

Com uma forma de apresentar espontaneamente, o programa de família que depois se tornou um programa policial, batia recordes de audiências a cada programa com os casos de mortes, violências e até mesmo brigas no palco do programa. Em um dos programas, uma mãe chama o apresentador e revela que o bandido que matou o seu filho estava na plateia do programa.

Com o sucesso da atração, Wallace que dizia ser defensor do povo e odiar bandidos e traficantes, resolvei se candidatar a politica, e como a trama mostra, o candidato foi tão “endeusado” pela população que foi eleito com uma das maiores votações do país.

Após assumir o cargo o então parlamentar colocou os seus irmãos para assumir o programa, e com o mesmo rumo, os irmãos conhecidos como ” irmãos coragens” também assumiram cargos políticos com o sucesso do programa, porém com as acusações os irmãos foram exonerados dos cargos.

Acusações e Condenações

Wallace foi acusado de ser o mandando dos assassinatos exibidos em seu programa, tudo isso para obter audiência , o apresentador chegou usar o seu programa para se justificar. Uma das provas é o caso Moa onde o apresentador aparecia em uma foto junto com Moa na piscina de sua residencia. A Polícia Civil e o Ministério Público do Amazonas criaram uma força-tarefa para investigar o caso.

Em uma segunda denuncia, feita pela Promotoria da Justiça, foram encontrados indícios suficientes da participação de Wallace no comando da organização criminosa. Para a Promotoria o programa Canal Livre seria utilizado como uma forma de prejudicar traficantes rivais por meio de reportagens.

No fim de setembro de 2009, Wallace  teve o mandato cassado pela Assembleia Legislativa do Amazonas. Semanas depois, a Justiça decretou a sua prisão sob acusação de associação ao trafico. Raphael Souza, seu filho mais velho, também foi condenado por participações nos crimes. Wallace ficou foragido por algumas semanas após se entregar para a apolicia em  9 de outubro de 2009

Mesmo sem ter curso superior, Wallace foi levado para uma cela especial no 1º Batalhão da Polícia de Choque, localizado no km 17 da AM 010. A polícia temia pela segurança do acusado.

Neste mês, a juíza Rosália Guimarães Sarmento, condenou os irmãos Fausto e Carlos Souza a 15 anos de prisão pelo crime de associação para o tráfico de drogas. Policiais militares e ex-policiais que participaram dos crimes também foram condenados.

Pros e contras

Segundo o diretor do documentário de Wallace. “Na época do caso, a família sentiu que a imprensa focou bastante na força-tarefa, mas nunca deram a chance para que os parentes contassem seu lado da história. Por isso, durante a série, o público é convidado a ouvir e ver os dois lados”, explicou  Bogado.

A família de Wallace  disse que o caso ainda não terminou e que vão fazer de tudo para provar que o ex-deputado é inocente. Segundo eles, a justiça foi  induzida ao erro.

Para a Justiça de Manaus, está clara a participação de Wallace nos crimes dos quais ele é acusado. a juíza Mirza Telma Cunha, disse que ainda tem muitas pessoas da periferia que acredita na sua inocência (Wallace), mas que não tem duvidas sobre a culpabilidade do apresentador nos crimes exibidos em seu programa.

 

O ex-deputado estadual do Partido Progressista (PP-AM), Francisco Wallace Cavalcante de Souza, 51 anos, internado no Hospital Bandeirantes, em São Paulo desde o dia 18 de março de 2010, faleceu às 16h desta terça-feira (27/7), em decorrência de uma parada cardíaca. O paciente sofria de uma ascite refratária decorrente da Síndrome de Budd Chiari. Os médicos que acompanharam o paciente foram coordenados pelo diretor-clínico Dr. Mário Lúcio Alves Baptista Filho. — Hospital Bandeirantes.

 

Comente com seu Facebook

1 Comentário

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Televisão

Edu Guedes surge com novo visual na Band e explica o motivo

Publicado há

em

Edu Guedes apresenta o programa The Chef, ao vivo na Band, com Lucas Salles (Créditos: Reprodução)

Edu Guedes apresenta o programa The Chef, ao vivo na Band, com Lucas Salles (Créditos: Reprodução)

O apresentador Edu Guedes retornou das férias na manhã desta segunda-feira (18) e voltou a comandar o programa culinário The Chef, ao vivo na Band. O novo visual do profissional chamou a atenção e ele explicou na abertura o motivo que o levou a mudar.

+ Então, Luiz Bacci anunciou morte de MC Livinho? Apresentador esclarece

“O Lucas [Salles] tirou a barba e eu deixei, para dar uma descansada”, iniciou Edu Guedes, que foi chamado de ‘homão’ pelo assistente de palco e de Falcon, um boneco famosa nas décadas passadas, por Cidinha Santiago, a chef de cozinha.

O apresentador Edu Guedes, de 46 anos, surgiu com a barba grande no The Chef, ao vivo na Band (Créditos: Reprodução)

O apresentador Edu Guedes, de 46 anos, surgiu com a barba grande no The Chef, ao vivo na Band (Créditos: Reprodução)

Depois, Edu Guedes relembrou o que já aconteceu uma vez por ter deixado a barba grande. “Sabe o que aconteceu uma vez? Eu fiz uma campanha por conta da barba”, contou. “Sempre, agora eu deixo [a barba grande]. Vai que o pessoal…”, concluiu o apresentador.

Enquanto Edu Guedes exibe nova visual na Band, Gottino fala sobre a ligação entre Record e Universal:

Reinaldo Gottino foi o entrevistado da semana do programa Mais que 8 Minutos, comandado por Rafinha Bastos no Youtube. Durante a conversa, que passeou por diversos assuntos, o âncora do Balanço Geral SP acabou com os segredos e revelou se a igreja Universal interfere no seu trabalho diretamente.

+ Surpreendentemente, Carla Cecato faz novo relato e choca: “Não vou mais fazer isso comigo”

“Nenhuma [interferência]. Não tem. Trabalho com pessoas de várias religiões diferentes, de várias convicções diferentes… acho isso muito legal. Eu, por exemplo, sou evangélico, mas não da Universal. Sou da igreja Batista”, revelou Gottino.

+ Enfim, Reinaldo Gottino rebate título de sensacionalista e manda recado

Por fim: “Nunca foram lá e falaram ‘Você tem que ir [para a Universal]’. Sempre respeitaram demais a ideia do… nunca chegaram e falaram ‘oh, você precisa fazer isso’. Nunca teve intervenção… isso é outra coisa que se cria também”, acrescentou o apresentador.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Famosos

Luiz Bacci anunciou morte de MC Livinho? Apresentador esclarece

Publicado há

em

Luiz Bacci é apresentador do Cidade Alerta, programa policial de fim de tarde na Record (Créditos: Reprodução)

Luiz Bacci é apresentador do Cidade Alerta, programa policial de fim de tarde na Record (Créditos: Reprodução)

Luiz Bacci usou as redes sociais na noite do último domingo (17) para comentar o que estava acontecendo com o funkeiro MC Livinho. Além de dizer que estava torcendo para seja uma jogada de marketing do cantor, o apresentador do Cidade Alerta, na Record, precisou esclarecer um boato.

+ Surpreendentemente, Carla Cecato faz novo relato e choca: “Não vou mais fazer isso comigo”

Em resumo, surgiu nas redes sociais um suposto comentário de Luiz Bacci no Instagram: “Meus sinceros sentimentos aos familiares do MC Livinho!”, teria escrito o ‘menino de ouro’. O âncora do policialesco vespertino da Record desmentiu.

Em resumo, Luiz Bacci, do Cidade Alerta na Record, desmentiu suposto comentário sobre situação de MC Livinho (Créditos: Reprodução)

“Fake. Não escrevi esse comentários que tá circulando no Facebook”, comentou Luiz Bacci, que pretende abordar o caso envolvendo o funkeiro MC Livinho na edição desta segunda-feira (18) do Cidade Alerta. O programa começa a partir das 16h45.

Enquanto Luiz Bacci fala de MC Livinho, Gottino fala sobre a Universal na Record:

Reinaldo Gottino foi o entrevistado da semana do programa Mais que 8 Minutos, comandado por Rafinha Bastos no Youtube. Aliás, durante a conversa, que passeou por diversos assuntos, o âncora do Balanço Geral SP acabou com os segredos e revelou se a igreja Universal interfere no seu trabalho diretamente.

+ Enfim, Reinaldo Gottino rebate título de sensacionalista e manda recado

“Nenhuma [interferência]. Não tem. Trabalho com pessoas de várias religiões diferentes, de várias convicções diferentes… acho isso muito legal. Eu, por exemplo, sou evangélico, mas não da Universal. Sou da igreja Batista”, revelou Gottino.

+ Então, Globo tem definição oficial sobre o remake da novela Pantanal

Por fim: “Nunca foram lá e falaram ‘Você tem que ir [para a Universal]’. Sempre respeitaram demais a ideia do… nunca chegaram e falaram ‘oh, você precisa fazer isso’. Nunca teve intervenção… isso é outra coisa que se cria também”, acrescentou o apresentador.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Famosos

Carla Cecato faz novo relato e choca: “Não vou mais fazer isso comigo”

Publicado há

em

Em resumo, Carla Cecato se emocionou durante agradecimento nas redes sociais (Créditos: Reprodução)

Em resumo, Carla Cecato falou sobre a vida pessoal e fez relato chocante (Créditos: Reprodução)

Carla Cecato usou o seu perfil no Instagram nesta segunda-feira (18) para falar sobre a aceitação do seu corpo. A jornalista da Record, que comanda a edição de sábado do Fala Brasil, mostrou suas diferentes fases, com medidas maiores e menores, e chocou com o relato.

+ Reinaldo Gottino rebate título de sensacionalista e manda recado

“Eu sempre fui paranóica com peso. Reflexo das inúmeras exigências com a aparência. Desde pequena trabalhei com publicidade”, iniciou a jornalista. “Resultado: sobrou uma autoestima péssima. Odiava me olhar no espelho! Sempre via defeitos, NUNCA me aceitava. A autocrítica era enorme. Estou tentando me livrar desse pesadelo. As lojas, propagandas e estilistas não ajudam muito”, acrescentou Carla Cecato.

Em resumo, Carla Cecato falou sobre a vida pessoal e fez relato chocante (Créditos: Reprodução)

Em resumo, Carla Cecato falou sobre a vida pessoal e fez relato chocante (Créditos: Reprodução)

Aos 42 anos, Carla Cecato já foi mais gordinha e também já pesou bem menos. No relato feito no Instagram ela pediu a opinião dos seguidores e mostrou algumas fases da sua vida. “Detalhe: em nenhuma foto estava satisfeita com meu corpo. Não vou mais fazer isso comigo!”, concluiu ela.

Enquanto Carla Cecato faz novo relato, Gottino fala sobre Universal e a Record:

Reinaldo Gottino foi o entrevistado da semana do programa Mais que 8 Minutos, comandado por Rafinha Bastos no Youtube. Durante a conversa, que passeou por diversos assuntos, o âncora do Balanço Geral SP acabou com os segredos e revelou se a igreja Universal interfere no seu trabalho diretamente.

+ Globo tem definição oficial sobre o remake da novela Pantanal

“Nenhuma [interferência]. Não tem. Trabalho com pessoas de várias religiões diferentes, de várias convicções diferentes… acho isso muito legal. Eu, por exemplo, sou evangélico, mas não da Universal. Sou da igreja Batista”, revelou Gottino.

+ Celso Zucatelli pega Salcy Lima de surpresa ao vivo na Record

“Nunca foram lá e falaram ‘Você tem que ir [para a Universal]’. Sempre respeitaram demais a ideia do… nunca chegaram e falaram ‘oh, você precisa fazer isso’. Nunca teve intervenção… isso é outra coisa que se cria também”, acrescentou o apresentador.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA