CONECTE-SE CONOSCO

Esportes

Neto dispara contra discurso de treinador e ironiza: “Eu nunca vi uma coisa tão ridícula como essa”

Publicado há

em

Neto não aprovou a contração do treinador Sylvinho.

Neto não aprovou a contração do treinador Sylvinho.

O comentarista da Band, craque Neto, não gostou de ouvir o discurso do atual treinador do Corinthians e ironizou no Os Donos da Bola. Em resumo, o vídeo na qual Neto se refere aconteceu antes da vitória do Corinthians diante do América Mineiro, no último domingo (06).

Desse modo, o apresentador comparou a preleção do treinador com um discurso motivacional ou palestras de autoajuda. Além disso, durante a exibição do programa, Neto imitou diversas vezes o jeito com que Sylvinho sussurrou nas palavras. Para o comentarista, a cena foi ridícula e constrangedora.

“[O discurso do Sylvinho para os jogadores do Corinthians] é uma palestra motivacional tipo Augusto Cury, Cortella, Mandela, Ghandi, essas pessoas monstruosas. Bernardinho, Maurício do vôlei, Oscar Schmidt. Não gosto muito da palavra ‘palestrante’. Acho que a gente tem que contar nossa vida para as pessoas porque cada um tem sua história. Mas o Sylvinho é demais”, ironizou Neto.

“Eu nunca vi uma coisa tão ridícula como essa. Você está de sacanagem? Eu pensei que ele ia me chamar de servente de pedreiro. Eu faria a massa para ele, cimento, cal, pegava escada. Trabalhei muito pouco. Meus irmãos trabalharam muito. Esse discurso deve ir para Brasília, todos os estados. Para o Joe Biden, na África do Sul. Tinha que mandar para a ONU. (…) Foi constrangedor”, continuou Neto.

+Benjamin alfineta a Globo e dispara: “Sem Galvão não é Copa América”

Neto ainda questionou sobre os jogadores na qual o timão deve direitos de imagem sobre uma suposta concentração no discurso

Por fim, Neto voltou a ironizar o treinador do timão e fez um questionamento sobre o discurso do treinador com a atenção dos atletas.

“Tinha que colocar para todos os juízes que estão julgando as ações que o Corinthians tem. Não leva o advogado, coloca o Sylvinho. Aí, fala assim. É uma coisa ridícula, mas vamos respeitar as pessoas. A gente memoriza e depois de uma palestra como essa, dorme”, brincou Neto.

“Aí, você pega o Sylvinho, o Gil tem uma dívida de R$ 11 milhões, o Ramiro, de 8. Tem o Luan falso nove. Aí, o cara fica viajando na palestra. Acho que essa palestra serviria para [resolver] essa briga política”, finalizou Neto.

 

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esportes

Neto detona jogador do Palmeiras após flagra em festa clandestina: “É um imbecil”

Publicado há

em

Neto também já protestou em seu programa na Band.

Em resumo, Neto também já protestou em seu programa na Band.

O apresentador da Band, craque Neto, detonou o meio-campista do Palmeiras, Patrick de Paula, após ele ser flagrado em uma festa clandestina. Desse modo, o ex-jogador relembrou o momento difícil que o país atravessa, citando o número de mortos decorrentes da Covid-19.

Além disso, Neto não se conteve e esbravejou com o volante do Palmeiras e chamou o atleta de “imbecil” e “idiota” por desrespeitar os protocolos de segurança.

“A gente já passou de meio milhão de mortos e tem gente que fala que não pode misturar com futebol o assunto da pandemia. Primeiro, eu já tomei a primeira dose e não virei jacaré, como o presidente da república falou. Segundo, eu fiquei na UTI durante 7 dias. Eu, meu irmão João Carlos, meu irmão Richard, que morreu de câncer, minha irmã Mária ficou, meu pai, depois de duas vacinas. E meio milhão de pessoas morreram”, começou Neto.

“A Copa América tem 70 pessoas com covid. A gente fica na expectativa e ainda tem gente que quer escolher vacina. Aí, vem um idiota desse – o Lucas Lima. Outro idiota – pior ainda -, o Patrick de Paula, são jogadores que estão jogando, que fazem teste toda hora? E o pessoal do futebol está tão cansado de jogar, com todos os jogos em sequência. E, em um momento como esse, em que morreram três pessoas no Palmeiras – o podólogo, o segurança e o engenheiro. Aí, Lucas Lima vai em festa clandestina e o Patrick de Paula faz o mesmo. E a gente acha isso normal”, disparou o apresentador.

+Ronaldinho Gaúcho: Após ostentação em Dubai, ex-jogador pode ter bens penhorados e ser preso

Por fim, Neto relaciona o comportamento dos atletas ao mau momento vivido pelo Palmeiras

Por fim, o apresentador do Os Donos da Bola opinou que eventos como esse, estão prejudicando o desempenho do atual campeão da Libertadores. Além do mais, Neto também afirmou que os torcedores que cobraram Lucas Lima e PK pessoalmente estavam errados.

“Aí, os últimos jogos do Palmeiras tem isso. A falta de organização e força do Abel Ferreira. Vocês acham que os caras não sabem? O Serdan disse que os caras estão cheirando lança-perfume. (…) Os torcedores estão errados de dar abafa em Lucas Lima e em Patrick de Paula. Ninguém tem direito de fazer isso, só a polícia”, Todavia disse Neto.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Esportes

Cartolouco abre o jogo sobre polêmicas na Globo e revela demissão por telefone

Publicado há

em

Cartolouco abriu o jogo sobre a passagem na Globo. Foto reprodução

Cartolouco abriu o jogo sobre a passagem na Globo. Foto reprodução

O jornalista Lucas Strabko, popularmente conhecido como Cartolouco, revelou que ficou sabendo de sua demissão da Globo por telefone. Em resumo, de acordo com o youtuber, a decisão da emissora aconteceu após uma série de desdobramentos que culminaram em sua demissão. O estopim para o caso, aconteceu quando ele postou um vídeo nas redes sociais onde ironizava ‘ o desafio do papel higiênico’ que viralizou em 2020.

“Eu tava de férias, meu chefe me ligou: ‘reunião amanhã na Globo’, falei ‘eu vou’. Ai cheguei em casa, me liga o repórter: ‘você foi demitido mesmo?’. E eu fiquei: “quê”?”, contou Cartolouco em entrevista ao “The Noite”.

Além do mais, o jornalista acrescentou ainda que ligou para o chefe pedindo uma confirmação, mas só a teve, de fato, na reunião no outro dia pela manhã.

Desse modo, ele acredita que a demissão foi uma junção de diversos fatores: Foi tudo. “Desde quando cheguei, achava que ia ser demitido todo dia. Ficava esperando. Aí chegou na derradeira”, desabafou, referindo-se ao vídeo sobre o papel higiênico.

+Globo: Emissora muda a grade e chegada de Huck aos domingos pode impactar no horário do futebol

Por fim, Cartolouco fala sobre a ‘guerra de álcool em gel’

Por fim, o jornalista também relembrou uma de suas principais polêmicas na Globo e disse que chorou por 3 horas após levar bronca.

“Tava chovendo muito em SP, não ia ter Globo Esporte. Aí o pessoal que trabalhava no GE não tava fazendo nada, os cara começaram a fazer guerra de álcool gel. Aí olhei pro Cássio, meu parceiro que tava comigo na guerrinha e falei: ‘Moleque, isso aqui é genial, vamos fazer ao vivo. Redação SporTV, ninguém assiste, dez da manhã”

 “Chegou no meu chefe, e ele me jantou. Fiquei três horas, chorei. três horas por causa de uma guerra de álcool gel que durou dez segundos.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Esportes

Globo: Emissora muda a grade e chegada de Huck aos domingos pode impactar no horário do futebol

Publicado há

em

Globo traça seus planos e quer transmissão às 18h aos domingos. Foto reprodução

Globo traça seus planos e quer transmissão às 18h aos domingos. Foto reprodução

O assunto mais comentado esse ano nos bastidores da TV é a saída de Fausto Silva após mais de 30 anos na Globo. Em resumo, ainda no começo do ano, o apresentador do ‘Domingão’ não aceitou a renovação de contrato com a emissora e decidiu partir para novos desafios.

Desse modo, a Globo começou a fazer uma força-tarefa para achar o substituto do apresentador aos domingos e chegou ao consenso pelo nome de Luciano Huck.

Com isso, muitas mudanças devem acontecer na grade emissora e pode impactar diretamente no horário de transmissão do futebol aos domingos.

+Galvão se declara romântico, desabafa sobre a pandemia e faz revelação sobre filho: “Ele sabe se virar sozinho”

Cultura esportiva da Globo e futebol às 16h

Em suma, desde muito tempo que a Globo comanda a audiência da TV aberta no Brasil e consequentemente, tem um poder nas competições esportivas nacionais. Desde a implosão do Clube dos 13, a emissora manda e desmanda nos horários das partidas e o horário tradicional aos domingos é bem conhecido 16h.

Com isso, a Globo conseguiu criar uma cultura esportiva bem-sucedida e deve abrir mão desse horário por questões comercias.

Mudanças na grade e as questões comercias

De acordo com UOL, o principal motivo para a mudança de horário das partidas de futebol ao vivo na emissora aos domingos se chama audiência.

É através dela que os executivos estão trabalhando e a ideia é entregar a programação ao Fantástico com o maior número de espectadores possíveis. Com isso, os jogos que antes eram exibidos às 16h, agora serão às 18h com término previsto para às 20h.

O contrato com os clubes e a provável aliança em prol de uma liga

Por fim, a Globo tem contrato com os clubes pela TV aberta até 2024. Ou seja, até esse período a emissora carioca está ‘tranquila’ em relação a qualquer tipo de manifestação contrária ou revolucionária. Mas, o desgaste entre os clubes e a CBF continuam muito grande e as equipes já se uniram em prol da criação de uma liga.

Em resumo, os clubes querem mais autonomia em suas escolhas, no calendário e na organização do Campeonato mais importante do país: o Brasileirão.

Por outro lado, a Globo observa de longe e sabe que algumas mudanças demorariam para acontecer. No entanto, a emissora carioca também pode ser parte importante na evolução dessa Liga, porque em 1987 a Copa União vingou por conta da emissora e de muitos patrocínios.

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA