CONECTE-SE CONOSCO

Notícias da TV

No Roda Viva, Glenn Greenwald comenta sobre o Lava Jato: “me arrependo de ter apoiado”

Publicado há

em

Glenn Greenwald foi o convidado o Roda Viva na segunda-feira, 2 (Foto: Reprodução/TV Cultura)

Glenn Greenwald foi o convidado o Roda Viva na segunda-feira, 2 (Foto: Reprodução/TV Cultura)

Durante o programa, Glenn alfinetou Moro e Dallagnol, não relevou as fontes do The Intercept e disse que investigação contra seu marido é uma tentativa de intimidá-lo.

Em entrevista a jornalistas do programa “Roda Viva”, da TV Cultura, na segunda-feira, 2, Glenn Greenwald, editor do site The Intercept Brasil, reafirmou, diante da insistência dos entrevistadores, que as mensagens entre procuradores do Ministério Público Federal (MPF) e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, que vêm desvendando a nuance parcial e política da operação Lava Jato, são autênticas.

Desde o início do programa o convidado foi questionado sobre sua opinião a respeito da Operação Lava Jato, Glenn respondeu ter apoiado a ação da Polícia Federal, mas se arrepende.

“Me arrependo de ter apoiado. No passado, inclusive, eu era atacado pela esquerda por apoiá-los. Via vícios na operação, mas achava que seu propósito era importante”, ressaltou.

Glenn Greenwald disse que as investigações abertas contra seu marido, o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), para apurar a prática da chamada “rachadinha” – quando funcionários comissionados devolvem dinheiro ao político que os contrata – no período em que ele era vereador no Rio, conforme noticiado pela revista Época na semana passada, são uma estratégia para intimidar a ambos.
“Exatamente como Sergio Moro tentou abusar de seu poder comandando a Polícia Federal, influenciando o Coaf [Conselho de Controle de Atividades Financeiras], para primeiramente me investigar, e o Supremo [Tribunal Federal] impediu isso, porque foi uma violação da liberdade de imprensa, como retaliação, agora estão fazendo contra o meu marido. É só isso. Nunca vai ter evidência”, disse Greenwald, ao ser sabatinado.

Glenn Greenwald responde sabatina no programa Roda Viva (Foto: Reprodução/TV Cultura)

Glenn Greenwald responde sabatina no programa Roda Viva (Foto: Reprodução/TV Cultura)


Ele contou que todo o conteúdo foi analisado por especialistas, inclusive estrangeiros, e que as conversas ainda passaram por análises de outros veículos que estão divulgando a série, como a Veja, a Folha de S. Paulo, o El País, a Agência Pública e o BuzzFeed.
“Esse jogo cínico que Moro e Dallagnol estavam fazendo acabou. Todos sabem que as mensagens são autênticas. Temos um ministro da Justiça e um coordenador da Lava Jato que usavam métodos corruptos não em casos isolados, mas o tempo todo”, afirmou.
Por vários momentos do programa, os jornalistas tentaram “emparedar” Greenwald ao sugerirem que ele não deveria usar de um material obtido de maneira ilícita para fazer as matérias da Vaza Jato. O jornalista, então, lembrou que em todo o mundo democrático as maiores reportagens da história foram feitas baseadas em informações obtidas de forma ilegal, praticamente dando uma aula de jornalismo aos entrevistadores.
“Se você olha o jornalismo do mundo democrático, em boa parte das vezes é baseado em fontes que adquiriram informações de maneira ilícita. O caso do Pentagon Papers foi um exemplo disso, que mostrou que o governo dos EUA estava mentindo sobre a Guerra do Vietnã. Esses documentos foram mandados pela fonte para o The New York Times e hoje ele é um herói. Quando do caso Snowden, ninguém nesse país questionou o fato de que as informações foram adquiridas de maneira ilícita”, disparou Glenn.
Greenwald também negou que tenha pagado qualquer quantia financeira para sua fonte repassar as informações que obteve e também disse que sua equipe não trabalham com estratégia de “timing” para as matérias, mas apenas com apuração jornalística.
Confira à íntegra da entrevista:

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias da TV

SBT testa dois apresentadores para novo programa feminino

Publicado há

em

Salvo Rebeca Abravanel, o SBT também conta com outros nomes como o de Chris Flores, Ticiana Villas Boas, Mara Maravilha e Márcia Dantas (Créditos: Reprodução)

O SBT optou por Ticiana Villas Boas para novo programa feminino (Créditos: Reprodução)

Antes marcado para acontecer na quarta-feira (20), o piloto do Vem Pra Cá, novo programa feminino e matutino do SBT, ficou para essa sexta-feira (22). Descartando Chris Flores, a emissora agora testa outra dupla para o formato, que ainda não foi aprovado.

+ Record toma decisão surpreendente sobre Gênesis

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, do R7, Ticiana Villas Boas e Ivan Moré, ex-Globo, estão em estúdio gravando o piloto do Vem Pra Cá, que ainda deve contar com o chef de cozinha Carlos Bertolazzi. Aliás, muito tem se falado sobre esse novo programa.

Ivan Moré segue negociando contrato. O SBT está na mira (Créditos: Reprodução)

Ivan Moré segue negociando contrato. O SBT está na mira (Créditos: Reprodução)

Segundo o site NaTelinha, o Bom Dia & Cia não será extinto, mas sim perderá tempo de arte. Desse modo, o SBT também estuda a diminuição do Primeiro Impacto, telejornal exibido no início da manhã. Em suma, ainda nã há data de estreia e nem uma confirmação oficial do canal de que a atração irá ao ar.

Enquanto SBT testa, Claudete Troiano desabafa na RedeTV:

Claudete Troiano usou parte do programa Vou Te Contar, na manhã da última quarta-feira (20) ao vivo na RedeTV, para falar sobre Gugu Liberato (1959-2019). A apresentadora saiu de uma pauta onde dava dicas para se precaver contra a chuva e falou rapidamente sobre o ex-apresentador da Record.

+ A Força do Querer: Caio vai invadir o morro, Ruy desabafa e Jeiza tem verdade revelada

“Outro dia eu li uma coisa muita interessante, que perguntava: ‘por que o Gugu Liberato morreu?’ Meu querido amigo, que saudades do Gugu”, iniciou a apresentadora do Vou Te Contar, exibido diariamente. Na sequência ela explicou.

“O Gugu Liberato morreu porque caiu do teto, foi ver o ar condicionado a quatro metros de altura, e esse médico dizia ‘não’. O Gugu morreu porque ele não avaliou o risco de uma pessoa de 60 anos de idade subir naquela altura e fazer uma coisa que não está acostumada a fazer”, explicou Claudete Troiano.

+ Haja Coração: Bruna age para o mal, Fedora faz proposta maluca e Dinalda descobre tudo

“E a gente não vê o tempo passar. Principalmente você, que passou dos 40, dos 50 anos, avalie sempre os risco na sua vida. Isso é importante”, concluiu a apresentadora Claudete Troiano.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

SBT muda grade matutina para abrigar seu novo programa

Publicado há

em

Por

SBT terá novo slogan criado por Silvio Santos - Bastidores da TV

O SBT vai mexer na grade de programação para 2021 (Foto: Reprodução/Instagram)

O SBT quer fazer um 2021 diferente dos outros anos. Aliás, a emissora se debruça sobre o projeto do seu novo programa de variedades e fará importantes mudanças na grade matutina.

+ Cátia Fonseca descobre segredo de Datena e joga praga

Desse modo, se nada mudar nas próximas semanas, o Vem pra Cá – novo programa das manhãs do SBT – cravará o fim do infantil Bom dia & Cia. Este colunista que vos fala, descobriu que a emissora investirá forte no jornalismo.

+Enfim, Gusttavo Lima e Andressa Suita reatam casamento

A nova grade do SBT seguirá os moldes da TV Globo: Primeiro Impacto abrirá a programação com jornalismo ao vivo, seguido da nova atração, que será apresentada por Ivan Moré, Ticiana Villas Boas e Carlos Bertolazzi. Existe ainda a intenção em ter Fábia Oliveira – direto do Rio de Janeiro – com notícias exclusivas dos famosos. Segundo informação da jornalista Patrícia Kogut (O Globo) o piloto do programa será gravado na próxima sexta-feira (22).

A apresentadora Ticiana Villas Boas renovou contrato com o SBT e vai seguir na emissora (Créditos: Reprodução)

A apresentadora Ticiana Villas Boas renovou contrato com o SBT e vai seguir na emissora (Créditos: Reprodução)

A única questão que divide os bastidores do SBT, gira em torno do Bom dia. O clássico infantil tem seu público fiel e audiência estável na casa dos 6/7 pontos. Alguns diretores do canal defendem a permanência do programa de desenhos, em um horário reduzido, após a nova revista eletrônica do SBT. O martelo será batido por Silvio Santos.

Enquanto o SBT muda a programação, Carla Cecato e Salcy Lima se estranham:

Decerto, o desabafo feito por Carla Cecato nas redes sociais na última terça-feira (19) chamou mais a atenção do que a própria imaginava. Apresentadora da edição de sábado do telejornal Fala Brasil, ela criticou o fato de se gastar muito por um peça de roupa e citou o preço de um moletom: 5 mil reais. Salcy Lima deixou seu comentário e repercutiu.

+ Então, Patrícia Poeta surpreende com anúncio na Globo

“Eu penso que cada um gasta o próprio dinheiro como quer e se veste como achar melhor. Essa mesma pessoa também pode ajudar outras pessoas. Não cabe a nós nenhum julgamento. Isso não significa que a pessoa seja melhor ou pior que a outra. As aparências enganam, e muito”, escreveu Salcy Lima, apresentadora do Fala Brasil diário. Desse modo, bastou para que os internautas ficassem confusos e até Carla Cecato.

Por fim: “Só pra saber, assim, vc tem um pouco de raiva da Carla Cecato? Tipo, ela roubou algum trabalho ou lugar seu? Só pra saber mesmo, por favor, tudo de melhor pra vc também!”, indagou um seguidor. “hahaha não tenho raiva da Carla. São opiniões diferentes, apenas. É o meu ponto de vista. É absolutamente normal”, respondeu Salcy Lima.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Globo tem definição oficial sobre o remake da novela Pantanal

Publicado há

em

A Globo negocia com o autor Benedito Ruy Barbosa a compra dos direitos de Pantanal (Créditos: Reprodução)

A Globo comprou do autor Benedito Ruy Barbosa os direitos de Pantanal, para fazer um remake em 2021 (Créditos: Reprodução)

Embora ainda esteja seguindo todos os protocolos por conta da pandemia, os diretores da Globo continuam trabalhando com o planejamento das próximas novelas. Aliás, saiu a decisão sobre Pantanal, que vai estrear esse ano mesmo.

+ Celso Zucatelli pega Salcy Lima de surpresa ao vivo na Record

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, colunista do R7, Pantanal vai estrear em outubro logo após a exibição de Um Lugar ao Sol, trama de Lícia Manzo e que vai substituir a segunda temporada da novela Amor de Mãe.

Três atores já estão cotados para o elenco do remake da novela Pantanal, na Globo (Créditos: Reprodução)

Três atores já estão cotados para o elenco do remake da novela Pantanal, na Globo (Créditos: Reprodução)

Em suma, até agora o elenco não foi definido, mas com a decisão da Globo a lista será antecipada. Decerto estão apenas os nomes de Antonio Fagundes, Marcos Palmeira e Rafael Cardoso. Bruno Luperi, neto de Benedito Ruy Barbosa, é o autor do remake e Rogério Gomes o diretor. Ambos já conferiram as locações e deram sinal verde para o início das gravações.

Enquanto Globo bate o martelo, Gottino fala sobre a Universal na Record:

Reinaldo Gottino foi o entrevistado da semana do programa Mais que 8 Minutos, comandado por Rafinha Bastos no Youtube. Durante a conversa, que passeou por diversos assuntos, o âncora do Balanço Geral SP acabou com os segredos e revelou se a igreja Universal interfere no seu trabalho diretamente.

+ A Força do Querer: Joyce se desespera, Bibi desconfia de traição e Garcia reconhece Irene

“Nenhuma [interferência]. Não tem. Trabalho com pessoas de várias religiões diferentes, de várias convicções diferentes… acho isso muito legal. Eu, por exemplo, sou evangélico, mas não da Universal. Sou da igreja Batista”, revelou Gottino.

+ Então, em Haja Coração: Tamara fica encantada, Carmela tem nova rival e Apolo se emociona

“Nunca foram lá e falaram ‘Você tem que ir [para a Universal]’. Sempre respeitaram demais a ideia do… nunca chegaram e falaram ‘oh, você precisa fazer isso’. Nunca teve intervenção… isso é outra coisa que se cria também”, acrescentou o apresentador.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA