CONECTE-SE CONOSCO

Notícias da TV

O fracasso do Brasil no Emmy Internacional

Publicado há

em

Relembre a participação do Brasil no Emmy Internacional de 2018. Fracasso, quebra de expectativa e decepção são palavras que resumem. Confira. (Foto: Reprodução)

Relembre a participação do Brasil no Emmy Internacional de 2018. Fracasso, quebra de expectativa e decepção são palavras que resumem. Confira. (Foto: Reprodução)


O Emmy Internacional aconteceu na noite do dia 19 de novembro, em Nova York, nos EUA e apresentou aquilo que pode significar uma forte crise de criatividade da TV brasileira: no ano em que teve menos indicações, o Brasil saiu de mãos abanando da premiação que escolhe as melhores produções do mundo em dramaturgia, excetuando as americanas.
A crise da teledramaturgia brasileira já havia se destacado quando saiu a lista de indicados. Pela primeira vez, desde 2010, o Brasil havia ficado de fora na principal categoria, a de telenovela. Além disso, a Globo não conseguiu emplacar praticamente nenhum indicado, apenas com o telefilme Aldo.
Essa foi a primeira vez que a TV brasileira passou por uma “seca” desse nível, quando Caminho das Índias, sucesso internacional de Glória Perez, conquistou a primeira estatueta de telenovela do Emmy Internacional na história da televisão brasileira.
Este foi o segundo ano consecutivo que o Brasil passou em branco na cerimônia de gala da Academia Internacional de Artes e Ciências Televisivas. O último Emmy Internacional conquistado por produções tupiniquins foi o de Verdades Secretas, de 2015, em novembro de 2016.
O acontecido é vergonhoso, principalmente, para a Globo. A emissora carioca é a campeão brasileira na premiação, sendo a portadora cinco Emmys consecutivos na categoria telenovela: O Astro, Lado a Lado, Joia Rara, Império e Verdades Secretas. O canal do grupo Marinho também não fez feio nas séries — campo que geralmente é dominado pela Fox e HBO. A Mulher Invisível conquistou a estatueta em 2012 e Doce de Mãe, em 2015.
Pode-se dizer, praticamente, que a Globo não disputou o Emmy. Mesmo tendo inscrito A Força do Querer, que foi um verdadeiro sucesso em audiência no passado. A única produção do canal carioca que conseguiu chegar a concorrer a final foi a minissérie José Aldo – Mais Forte que o Mundo.

Fora da Globo


Produções de outras emissoras mostraram potencial e até conseguiram garantir algumas indicações, chegando para a premiação esperançosas em abocanhar um prêmio. No entanto, nenhuma delas conseguiu vencer nas categorias em que haviam recebido a indicação.
Foi o caso do ator Júlio Andrade. Conhecido do grande público por seu papel em Sob Pressão, onde interpreta o protagonista, ele foi indicado pela segunda temporada da série Um Contra Todos, da Fox. A série, aliás, também recebeu indicação na categoria Drama. Ambos saíram derrotados. Um Contra Todos, aliás, perdeu para o hit do ano passado, a espanhola La Casa de Papel.

Júlio Andrade concorreu ao Emmy Internacional pela sua atuação em Um Contra Todos, da Fox Brasil. (Foto: Reprodução)


Já atriz Denise Weinberg que também concorria por sua participação na série da HBO, Psi, foi outra que não conquistou a vitória. Psi acumula indicações ao Emmy Internacional (já concorreu como série dramática e como ator, com Emílio de Melo), mas também nunca venceu.

Ps!, da HBO Brasil, também deu esperanças à TV brasileira. (Foto: Reprodução)


O programa da GNT Palavras em série parecia ser um dos fortes candidatos na categoria Programa de Artes, mas saiu de mãos vazias da premiação. Assim como a única produção da Globo, Aldo que não viu nem a cor da estatueta.

Palavras em série, programa do GNT, era um dos indicados do Emmy Internacional com maior potencial na categoria Programa de Artes (Foto: Reprodução)

No final das contas

No fim de tudo Portugal levou a estatueta mais desejada pela Globo: a de melhor telenovela. Ouro Verde, trama exibida pela TVI (maior emissora de Portugal) levou a melhor entre outros três projetos indicados, sendo dois da Turquia e um do México.
 
Relembre os indicados e os vencedores do Emmy Internacional neste ano na lista abaixo. Os projetos vencedores estão destacados.

Telenovela: 
Cesur ve Guzel (Turquia)
Istanbullu Gelin (Turquia)
Ouro Verde (Portugal)
Paquita La Del Barrio (México) 

Minissérie: 
Aldo – Mais Forte Que O Mundo (Brasil/Globo)
Kurara: The Dazzling Life of Hokusai’s Daughter (Japão)
Man in an Orange Shirt (Reino Unido)
Toter Winkel (Alemanha)

Série Curta:
How to Buy a Baby (Canadá) 
L’âge adulte (Canadá)
Shin gamdok eul sulgiroun sa seang hwal (Coreia do Sul)
Una Historia Necesaria (Chile)

Programa de Língua Não-Inglesa:
El Señor de los Cielos (Estados Unidos)
El Vato (Estados Unidos)
Jenni Rivera, Mariposa de Barrio (Estados Unidos)
Sin Senos Sí Hay Paraíso (Estados Unidos)

Programa Sem Roteiro:
Hoe Zal Ik Het Zeggen? (Bélgica)
MasterChef Austrália (Austrália)
The Mask Singer (Tailândia)
Top Chef México (México)

Comédia: 
Club de Cuervos (México)
El Fin de la Comedia (Comedy Central España)
Nevsu (Israel)
Workin’ Moms (Canadá)

Documentário: 
De Wereld van Puck (Holanda)
Eu Sou Assim (Brasil/GNT)
Goodbye Aleppo (Reino Unido)
IPC & WOWOW Paralympic Documentary Series WHO I AM (Japão)

Série Dramática:
Inside Edge (Índia)
La Casa de Papel (Espanha)
1 Contra Todos (Brasil/Fox) 
Urban Myths (Reino Unido)

Programa Artístico:
David Stratton’s Story of Australian Cinema (Austrália)
Dreaming of a Jewish Christmas (Canadá)
Etgar Keret: Based on a True Story (Holanda)
Palavras em Série (Brasil/GNT)

Melhor Ator:
Júlio Andrade, em Um Contra Todos (Brasil/Fox)
Billy Campbell, em Cardinal (Canadá)
Lars Mikkelsen, em Herrens Veje (Dinamarca)
Tolga Saritas, em Soz (Turquia)

Melhor Atriz:
Thuso Mbedu, em Is’thunzi (África do Sul)
Anna Schudt, em Ein Schnupfen hätte auch gereicht (Alemanha)
Emily Watson, em Apple Tree Yard (Reino Unido)
Denise Weinberg, em Psi (Brasil/HBO)

Comente com seu Facebook

Advertisement
CLIQUE PARA COMENTAR

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias da TV

Sandra Annenberg se manifesta após boatos de saída da Globo

Publicado há

em

Sandra Annenberg chora ao se despedir do Jornal Hoje após 16 anos (Foto: Reprodução)

A jornalista Sandra Annenberg chora ao se despedir do Jornal Hoje após 16 anos. Maju Coutinho foi quem assumiu o telejornal e causou muita repercussão. Sandra foi integrada ao programa Globo Repórter, substituindo Sérgio Chapelin. (Foto: Reprodução)

Fique por dentro do que pode acontecer com a jornalista Sandra Annenberg na TV Globo. A jornalista se manifestou sobre os boatos de troca de emissora e possível ida para a CNN Brasil

Após uma várias notícias dando conta de uma possível saída da jornalista Sandra Annenberg da TV Globo, a própria foi questionada pelo jornalista Flávio Ricco, colunista do UOL, e deu a sua versão de toda essa situação envolvendo seu nome e emprego.

“Não fui procurada por nenhuma emissora ou canal de notícias”, limitou-se Sandra Annenberg, já negando qualquer negociação com a CNN Brasil. A jornalista continua contratada do canal carioca e no comando do Globo Repórter.

CNN Brasil pode tirar Sandra Annenberg da Globo após décadas. (Foto: Reprodução/Internet)

CNN Brasil estaria interessada em tirar Sandra Annenberg da Globo após décadas. Consultada, a emissora se manifestou e falou sobre o suposto interesse. (Foto: Reprodução/Internet)

Os boatos de que ela estava insatisfeita com a Globo tomou conta após perder o comando do Jornal do Hoje para Maju Coutinho e ver o Como Será?, atração que apresenta aos sábados, ser extinta. A CNN Brasil também foi consultada pelo colunista e disse não haver nenhuma contração em curso com Sandra.

Elenco de peso

Monalisa Perrone, Evaristo Costa, Reinaldo Gottino e William Waack são alguns dos nomes que já assinaram vínculo com a CNN Brasil e se preparam para a estreia, que deve acontecer apenas no primeiro trimestre do ano que vem.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Band demite integrante do Melhor da Tarde com Catia Fonseca após polêmica

Publicado há

em

Aaron Tura é jornalista, dono do TV Foco e colunista do Melhor da Tarde, programa de Catia Fonseca. Recentemente ele se envolveu em uma polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck. (Foto: Reprodução/band)

Aaron Tura é jornalista, dono do TV Foco e era colunista do Melhor da Tarde, programa de Catia Fonseca. Recentemente ele se envolveu em uma polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck. (Foto: Reprodução/band)

Fique por dentro da polêmica que envolveu um dos integrantes do programa Melhor da Tarde, apresentado por Catia Fonseca e exibido diariamente pela Band

A Band bateu o martelo e decidiu demitir um dos integrantes do programa Melhor da Tarde com Catia Fonseca, exibido diariamente. A decisão foi tomada após a denúncia de Tatá Werneck contra o colunista de fofocas da atração.

Aaron Tura, dono de um dos maiores sites de celebridades do Brasil, foi desligado do programa vespertino na manhã desta sexta-feira (13) após quase dois anos de contrato com a emissora paulista. O jornalista era responsável pelas fofocas do Melhor da Tarde.

Catia Fonseca é apresentadora do programa Melhor da Tarde, exibido nas tardes da Band. O colunista Aaron Tura se envolveu em polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck e teria sido afastado da atração. (Foto: Reprodução)

Catia Fonseca é apresentadora do programa Melhor da Tarde, exibido nas tardes da Band. O colunista Aaron Tura se envolveu em polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck e teria sido afastado da atração. (Foto: Reprodução)

Tatá, na quarta-feira (11), fez um post criticando uma das manchetes do site TV Foco que sexualizava a amamentação de Isis Valverde. Aaron não apareceu no Melhor da Tarde de quinta-feira (12) já por conta da pressão que a direção da Band estava recebendo.

Vários artistas ameaçaram boicotar Catia Fonseca e o programa vespertino da Band caso uma decisão mais enérgica não fosse tomada. Mesmo com a demissão de Aaron Tura, alguns especiais que serão exibidos nas próximas semanas ainda terão a presença do jornalista.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias da TV

Catia Fonseca tem jornalista afastado do Melhor da Tarde após polêmica com Tatá Werneck e Isis Valverde

Publicado há

em

Catia Fonseca é apresentadora do programa Melhor da Tarde, exibido nas tardes da Band. O colunista Aaron Tura se envolveu em polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck e teria sido afastado da atração. (Foto: Reprodução)

Catia Fonseca é apresentadora do programa Melhor da Tarde, exibido nas tardes da Band. O colunista Aaron Tura se envolveu em polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck e teria sido afastado da atração. (Foto: Reprodução)

Fique por dentro da polêmica envolvendo o colunista do programa Melhor da Tarde, de Catia Fonseca, tatá Werneck e Isis Valverde. A situação explodiu nas redes sociais

A última quarta-feira, 11, foi marcada pela revolta de duas atrizes da TV Globo: Isis Valverde e Tatá Werneck. A primeira foi a vítima e a segunda usou do seu poder nas redes sociais para falar sobre uma notícia publicada sobre a amiga. O site TV Foco, de Aaron Tura que também é colunista do Melhor da Tarde com Catia Fonseca na Band, foi o responsável pela manchete que sexualizava a amamentação de Isis.

Com tamanha repercussão negativa nas redes sociais sobre o assunto, Aaron não esteve na tarde desta quinta-feira, 12, no programa vespertino de Catia Fonseca e já causou buxixo nas redes sociais. Muita gente se questionava sobre o fim do jornalista, se ele foi castigado pela direção da emissora ou se teve algum imprevisto.

Aaron Tura é jornalista, dono do TV Foco e colunista do Melhor da Tarde, programa de Catia Fonseca. Recentemente ele se envolveu em uma polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck. (Foto: Reprodução/band)

Aaron Tura é jornalista, dono do TV Foco e colunista do Melhor da Tarde, programa de Catia Fonseca. Recentemente ele se envolveu em uma polêmica com Isis Valverde e Tatá Werneck. (Foto: Reprodução/band)

Na rádio corredor o que se diz é que o clima pesou para o fofoqueiro, dono de um dos maiores sites de celebridades do Brasil. Apesar da relevância e do grande poder em mãos, o colunista do Melhor da Tarde pode não resistir a repercussão negativa do caso citado. Aaron participa do programa de Catia Fonseca desde a estreia, no ano passado, e também é responsável pela boa audiência do vespertino, que bomba no Youtube com as fofocas exibidas na TV.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA