CONECTE-SE CONOSCO

Streaming

Netflix: Produções originais impulsionam busca por assuntos diversos, diz estudo da Betway

Publicado há

em

Produções da Netflix estimulam buscas. (Foto: Divulgação)

Prática que vem ganhando força com o passar dos anos, o consumo constante de seriados em forma de maratona (quando as pessoas assistem diversos episódios seguidos do mesmo programa) tem se tornado uma constante na vida do brasileiro que consome conteúdo gerado por serviços de streaming.

Na dianteira desta corrida, encontra-se a Netflix, que há alguns anos, produz conteúdo a âmbito internacional e impacta, diariamente, milhões de brasileiros com as produções (sejam elas originais ou não) disponíveis em seu cada vez mais vasto catálogo.

Nesse sentido, cada vez mais estudos têm sido feitos com o objetivo de entender de que forma este consumo exerce algum tipo de influência nos hábitos daqueles que os consomem. Um exemplo de estudo conduzido pela Betway, site de roleta online, apontou, por exemplo, como algumas séries badaladas tiveram influência direta no aumento da pesquisa de alguns termos.

O Gambito da Rainha, minissérie que se tornou a mais vista da Netflix, foi um sucesso de buscas também. (Foto: Divulgação)

A série “O Gambito da Rainha”, por exemplo, que tem como foco uma garota prodígio do xadrez, fez com que as buscas pelo esporte aumentassem em 88% após a estreia da mesma. O aumento no número de pesquisas por “jogadas de xadrez” (já que uma delas dá o título ao programa) viu suas buscas cresceram incríveis 150%.

Ainda na Netflix, outras séries também se mostraram como catalisadoras de buscas. A série “Emily em Paris”, por exemplo, fez com que as buscas por “francês’ e “Paris” tivessem um aumento de quase 50% nas suas buscas.

Mas, no que diz respeito as produções da gigante, nenhuma teve tanto impacto como The Crown. A série que retrata a vida da Rainha Elizabeth e da monarquia inglesa fez com que as buscas pela Rainha da Inglaterra subissem em mais de 400% desde o começo da série.

O maior impacto da série da Netflix, contudo, se deu com a estreia da 4ª temporada. O último ano lançado da série, que teve um foco no conturbado casamento da Princesa Diana e do Príncipe Charles, fez com que as figuras da realeza tivessem um enorme crescimento em suas buscas.

The Crown: Charles e Diana na 4ª temporada da série. (Foto: Divulgação)

Enquanto “Princesa Diana” teve um aumento de 1566% em suas buscas, “Príncipe Charles” ficou um pouco atrás, com 1425% de boost. Margaret Tatcher, outra figura importante da temporada, também viu o interesse em torno de si aumentar – foi um aumento de cerca de 1540%.

Além disso, a Betway também mediu a influência da série da Netflix em solo britânico – os principais retratados – e trouxe dados bastante interessantes. Segundo o estudo, cerca de 35% dos britânicos que assistiram a série passaram a enxergar a monarquia com melhores olhos e 34% tiveram mais empatia com o Príncipe Herdeiro Charles.

De uma forma ou de outra, o que fica claro é que, mais do que meros produtores de entretenimento, as séries de TV se tornaram um reflexo de comportamento e de padrão de consumo.

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Streaming

Rebelde pode voltar a ser exibida no Brasil; veja como

Publicado há

em

Globoplay quer produtos da linha Rebelde/RBD em nova investida mexicana. (Foto: Reprodução)

Globoplay quer produtos da linha Rebelde/RBD em nova investida mexicana. (Foto: Reprodução)

Como já noticiado por O Canal, a Globoplay anunciou a clássica telenovela A Usurpadora como a primeira grande investida do serviço de streaming no material mexicano, algo que já era conhecido do grande público que a rede da Globo tentaria.

A novidade agora é que a Globoplay também tem um novo alvo em breve: Os produtos da linha RBD. De acordo com o NaTelinha, o serviço negocia um pacote com a Televisa que incluem a novela Rebelde, a série RBD: La Familia e 4 DVD’s ao vivo gravados pela banda na época que estava em atividade, inclusive a passagem por Brasília em 2008.

Rebelde, a novela que deu origem a banda RBD, foi um sucesso em sua primeira exibição no SBT, chegando a ameaçar a Globo em alguns momentos específicos e finalizando com uma média de 9.4 pontos, números bem satisfatórios para o canal.

A publicação indica que que as negociações estão avançadas e podem chegar a um “final feliz” em breve, mas ainda não são confirmadas pela Globoplay.

Globoplay e tramas mexicanas

A Usurpadora, novela clássica exibida pelo SBT, deve ser a primeira trama mexicana a pintar na Globoplay, embora ainda não haja uma data para tal. A informação foi veiculada pela emissora no twitter de seu serviço de streaming.

Enzo Celulari publica foto de Bruna Marquezine e faz comentário “fofo”

A Usurpadora segue a história de Paola e Paulina, duas gêmeas idênticas que foram criadas separadas. Paola é rica e casada com o empresário Carlos Daniel, porém tem o sonho de viajar o mundo e se “livrar” de sua família. Para seguir com o seu plano, ela convence Paulina, uma jovem idêntica a ela, a assumir seu lugar na sua casa após armar para incriminá-la por roubo.

No lugar de Paola, Paulina conquista a todos da casa, do marido de Paola, Carlos Daniel, até os filhos e todos os que moram na casa. Tempos depois, a vilã retorna para assumir seu lugar e bagunça tudo.

Recentemente, a Globoplay já havia anunciado o remake de Rubi, novela clássica mexicana, como uma das novas aquisições do seu catálogo. O produto, que faz parte do projeto Fábrica dos Sonhos (iniciativa da Televisa que tem o objetivo de refazer novelas clássicas no formato de séries), não é o único que deve pintar no serviço de streaming da Rede Globo.

Além dos demais remakes que devem ser produzidos (como Café com Aroma de Mulher, Os Ricos Também Choram e O Privilégio de Amar), a chegada de A Usurpadora faz parte de um projeto mais ousado da Globoplay: Adquirir para seu catálogo as novelas mexicanas que, no final dos anos 90 e começo dos anos 2000, fizeram sucesso no SBT.

A trilogia das Marias de Thalia e Carrossel também estão no alvo da emissora carioca e podem, em breve, ser anunciadas como parte do projeto do streaming de, a cada 15 dias, resgatar uma novela clássica.

Vale lembrar que, no passado, a Globo já havia tentado um acordo com a Televisa, para frear o avanço do SBT na área, mas não teve sucesso.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Streaming

Veja a data de estreia de programa de Rafa Kalimann na Globoplay

Publicado há

em

Rafa Kalimann no Encontro: Influencer já tem estreia agendada na Globoplay. (Foto: Reprodução)

Rafa Kalimann no Encontro: Influencer já tem estreia agendada na Globoplay. (Foto: Reprodução)

A Globo bateu o martelo e definiu quando será a estreia de Rafa Kalimann, vice-campeã do BBB 20, em sua grade de programação. Como já adiantado por O Canal, Rafa não estreará como atriz, como era esperado, e sim como apresentadora.

Os fãs podem marcar a data no calendário: 28 de abril. Nesse dia, a Globoplay, serviço de streaming da emissora, coloca no ar o programa comandando pela jovem.

Intitulado Casa Kalimann, o formato que a atração vai seguir ainda é mantido a sete-chaves e pouco ou quase nada se sabe. Especula-se que o programa deverá ser uma espécie de ‘game show’ e Rafa já trabalha dos estúdios Globo. O diretor da atração será o próprio Boninho, “todo-poderoso” do Big Brother Brasil.

A vice-campeã do BBB 20 já havia falado sobre o programa ao Encontro com Fátima Bernardes, mas na época, também fez mistério.

+ Rodrigo Bocardi se irrita com interrupção ao vivo e dá sermão

“É um projeto para o fim de abril, com direção do Boninho. Vai ser muito a minha cara, tive liberdade para criar. Estou com a expectativa muito alta porque vou poder ser eu mesma. Não posso falar mais nada, senão o Boninho vai brigar comigo”, contou Rafa Kalimann.

Na programação de abril divulgada pela Globoplay, também não consta uma sinopse do Casa Kalimann, como seria padrão. O que se sabe, de certeza, além da data de estreia é que o programa está encaixado na categoria de Variedades e terá em sua primeira temporada o total de 13 episódios.

Rafa Kalimann pós BBB

Após sair do BBB 20 como a segunda colocada, Rafa Kalimann logo foi especulada como uma das novas apostas da Globo, o que se confirmou com sua contratação pouco tempo depois do fim do programa. Contudo, o esperado era que a influencer começasse sua carreira como atriz.

Kalimann chegou a ser cogitada em obras como Pantanal e Verdades Secretas 2, mas nunca confirmada em nenhuma trama. Agora, com a estreia como apresentadora engatilhada, a vice-campeã dá seus primeiros passos para se consolidar na emissora.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Streaming

Assim como Karol Conka, veja outros artistas que foram a estrela de documentários na Globoplay

Publicado há

em

Gabigol, Marielle Franco e Marília Mendonça são estrelas que tiveram documentários dedicados a sua vida.  Todos estão disponíveis na Globoplay. (Foto: Colagem)

Como noticiado por O Canal, Karol Conká, a “vilã” do BBB 21, terá sua vida e obra contados em uma série documental a ser transmitida pelo streaming da Rede Globo, a Globoplay. Essa não será, contudo, o primeiro programa documental que o serviço traz ao seu catálogo.

Veja, nessa lista, outros artistas que também tiveram momentos de sua vida, pessoal ou profissionais, narrados em documentários que estão disponíveis na Globoplay.

Gabigol

Gabigol tem em "Predestinado" sua série documental na Globoplay (Foto: Divulgação)

Gabigol tem em “Predestinado” sua série documental na Globoplay (Foto: Divulgação)

Com o título de Predestinado, a série que conta a história do astro do Flamengo é uma das mais recentes produções liberadas pelo serviço de streaming. A produção faz um mergulho na origem e nos percalços enfrentados pelo jovem Gabriel Barbosa até entender como ele, enfim, se tornou o Gabigol, artilheiro do campeonato brasileiro em 2019, herói da Libertadores e um dos astros do time supercampeão montando pelo clube carioca.

Sandy e Junior

A série da Globoplay documentou a última turnê feita pela dupla, em seu reencontro nos palcos há 2 anos. Intitulada A História, em referência ao Nossa História (nome da turnê), a série foi um dos maiores sucessos do ano passado do serviço de streaming e narra diversos momentos da carreira de Sandy e Junior, com entrevistas dos próprios e muitos segredos e fofocas de bastidores.

Doutor Castor

Lançada em 2021, Doutor Castor rapidamente se tornou um dos produtos mais comentados do ano na Globoplay. A série de 4 episódios conta a história do personagem homônimo. Castor de Andrade ficou conhecido por ser um dos maiores nomes do jogo do bicho e ter usado o futebol e o carnaval para conseguir crescer. Com carisma e violência, ele construiu um legado criminoso na Cidade Maravilhosa.

Marília Mendonça na Globoplay

Em 4 episódios curtos, a produção “Todos os Cantos” acompanha a trajetória da maior cantora sertaneja da atualidade na produção do DVD musical que leva o mesmo nome. Os episódios são curtinhos e mostraram a jornada de Marília Mendonça por diversas capitais do país, como Natal, João Pessoa e Recife, desde sua preparação até a chegada na cidade e a recepção dos fãs.

Marielle

Assassinato de Marielle Franco virou série Globoplay. (Foto: Divulgação)

Também lançando em 2020, a série documenta o assasinato de Marielle Franco, uma das mais ativas vereadoras do Rio de Janeiro na luta por direitos sociais, mostrando os desdobramentos iniciais ao crime, os protestos, a repercussão mundial que o crime tomou, assim como suspeitos e investigações. A produção fez tanto sucesso que chegou a ter o primeiro episódio exibido na tv aberta.

 

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA