CONECTE-SE CONOSCO

BBB 21

Relembre 3 privilégios que os participantes do primeiro BBB tiveram no confinamento

Publicado há

em

Marisa Orth apresentou alguns episódios do BBB junto com Pedro Bial (Foto: Reprodução)

Marisa Orth apresentou alguns episódios do BBB junto com Pedro Bial (Foto: Reprodução)

Ao fim da vigésima primeira edição do Big Brother Brasil, mais conhecido como BBB, é fato que os participantes não recebem regalias da emissora e precisam se virar com o que têm na casa. Contudo, a história não foi a mesma durante a primeira edição do programa, há exatos vinte anos.

+ Casagrande faz análise e crítica Bolsonaro no Altas Horas: “O cara não comprou vacina”

+ Mariana Becker é ironizada por piloto espanhol, que se arrepende: “Não estava ouvindo direito”

Isso porque, sendo algo totalmente novo tanto para os participantes quanto para o público, alguns artifícios precisaram ser utilizados pela produção do programa para tornar o jogo interessante. Buscando chamar a atenção do público e consolidar a atração, Boninho precisou fazer algumas adaptações, que não acontecer mais atualmente.

Carnaval fora do BBB

Durante o carnaval de 2002, na primeira edição do BBB, dois integrantes do reality show foram escolhidos pelo público, em votação popular, para sair do confinamento e ir até o Sambódromo da Marques de Sapucaí, onde desfilaram na Mocidade Independente de Padre Miguel.

Kleber Bambam e Cristiana foram os escolhidos, mesmo tendo um desentendimento na casa alguns dias antes. A ideia chegou a ser repetida mais algumas vezes, contudo, foi abandonada depois de algumas temporadas. Agora, são raros até mesmo os momentos em que os brothers deixam os estúdios da Globo, até mesmo para realizar provas de patrocinadores.

Kleber Bambam e Cristiana (Foto: Reprodução)

Kleber Bambam e Cristiana (Foto: Reprodução)

Visitas ilustres na casa

Buscando consolidar o programa em sua grade de programação, o Big Brother Brasil recebeu presenças ilustres dos contratados da Globo durante a primeira temporada. A ideia também chegou a se repetir em outras edições, mas foi abandonada há alguns anos.

Entre os famosos que adentraram ao confinamento no BBB1, podemos citar grandes nomes como o apresentador Jô Soares, a eterna rainha dos baixinhos Xuxa Meneghel, o humorista Tom Cavalcante e Ana Maria Braga, que atualmente comanda o café da manhã com o eliminado no tradicional ‘Mais Você’.

Xuxa esteve no BBB (Foto: Reprodução)

Xuxa esteve no BBB1 (Foto: Reprodução)

Distrações para o tédio

Por possuírem poucas distrações dentro da casa mais vigiada do Brasil e serem o primeiro elenco da história, os participantes do BBB1 constantemente reclamavam do tédio. Por conta disso, a Vênus Platinada precisou elaborar alguns presentes para que os brothers pudessem passar o tempo enquanto confinados.

Adriano, que trabalhava como artista plástico e apelidou a berlinda como paredão, recebeu telas e tinta para produzir suas obras ainda no reality show. Além dele, Estrela também foi contemplada, recebendo um computador (sem internet), uma filmadora e uma máquina fotográfica, já que trabalhava como fotógrafa. Além disso, Bambam montou a boneca Maria Eugênia, que caiu na graça do público e fez com que ele ganhasse o grande prêmio.

BBB

Kleber Bambam e Maria Eugênia no primeiro BBB (Foto: Reprodução)

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

BBB 21

Globo e Netflix disputaram Camilla de Lucas; saiba quem ganhou

Publicado há

em

Camilla de Lucas, ex-BBB 21 (Foto: Reprodução)

A influencer Camilla de Lucas foi a vice-campeã do Big Brother Brasil 21, mas apesar do suceso no programa, a ela ainda tem um sonho ainda maior. Isso porque Camilla sonha em ser atriz e demonstra esse almejo em boa parte dos vídeos que ela já compartilhou em suas redes. Neles, ela quase sempre aparece atuando.

Agora, contudo chegou o grande momento da ex-BBB realizar o seu grande sonho. Mas, não vai ser em qualquer lugar e sim em uma das maiores empresas de entretenimento do mundo. Isso por que até esta quarta-feira (23), Globo e Netflix disputavam um contrato com a influencer.

Faustão vai receber uma fortuna milionária da Globo; saiba quanto

Pabllo Vittar choca ao assumir preferência sexual: “Mulheres”

Netflix ofereceu contrato por obra à Camilla de Lucas e a Globo por 2 anos

Camilla de Lucas, Gil e Juliette são contratos da Globo (Foto: Reprodução)

A princípio, a Netflix ofereceu uma oferta tentadora para Camilla de Lucas, um contrato por obra na maior plataforma de streamings do mundo. Mas, de acordo com a obrigatoriedade de seu contrato com a Globo que vai até dezembro, ela precisou reportar a negociação para a emissora que fez uma contra proposta.

De  antemão, a Globo então fez uma proposta irrecusável para a ex-BBB e ofereceu para Camilla de Lucas um incrível contrato de 2 anos com a emissora. Diante de 2 grandes propostas, ao analisar, Camilla que percebeu que só teria uma entrada confirmada em uma nova série da Netflix, enquanto na Globo teria 2 anos garantidos. Assim, ela escolheu ficar com a Globo.

Camilla de Lucas se destacou durante o BBB 21 por conta dos seus posicionamentos e do seu carisma. Além disso, a amizade com Juliette que venceu o programa com 90% de aprovação, ajudou a alavancar a popularidade da influencer.

Agora, diante da contratação de Camilla, ela se tornou a terceira participante do BBB 21 a assinar contrato com a Globo. Assim, agora temos ela, Gil e Juliette como contratados do grupo de comunicação.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

BBB 21

Globoplay surpreende e lançará série de Juliette ainda este mês; veja o trailer

Publicado há

em

Juliette Freire no "Mais Você" um dia após vencer o BBB 21 (Foto: Reprodução)

Juliette Freire no “Mais Você” um dia após vencer o BBB 21 (Foto: Reprodução)

A campeã do BBB 21 continua voando alto fora da casa mais vigiada do Brasil. Isso porque ela tem sido disputada pelas maiores marcas e revistas do Brasil e do mundo. Mas, sem dúvidas o tão sonhado documentário sobre a sua vida era uma das novidades mais esperadas pelos seus fãs, os “Cactos”.

A princípio, apenas o documentário de Karon Conká, “a vilã do BBB 21” foi confirmado oficialmente antes da estreia. Mas, nos bastidores da Globo já havia os rumes de que Juliette Freire a protagonista do reality também ganharia sua própria série documental. E agora, é oficial e estreia este mês ainda.

Entenda por que a Globo “demitiu” e tirou Faustão do ar às pressas

3 programas perfeitos para Juliette na Globo

Documentário de Juliette falará sobre a vida antes, durante e depois do BBB 21

Juliette Freire campeã do BBB 21 (Foto: Reprodução)

Juliette Freire campeã do BBB 21 (Foto: Reprodução)iett

Na manhã desta sexta-feira (18), durante o programa “Mais Você” da Ana Maria Braga, na Globo o documentário foi anunciado pela própria Juliette. Na ocasião, além de confirmar a produção, Juliette deu detalhes sobre a produção.

A nova série de Juliette estreará no dia 29 de junho e não falará apenas da passagem de Juliette no BBB 21. Isso porque o documentário tentará explicar “o fenômeno” (como ela é chamada no trailer da série) mostrando toda sua vida antes do reality show mais assistido do Brasil.

Contudo, além de mostrar o antes e durante do programa da Globo, a série de Juliette também mostrará a vida vida após a fama do programa. Assim, veremos como foi sua saída do programa, seu reencontro com sua mãe, sua chegada na casa da Anitta e suas dificuldades pós fama.

A princípio, o documentário será dividido em 6 episódios e estará disponível apenas para os assinantes da plataforma de streaming da Globo, a Globoplay.

Clique e assista o vídeo do trailer

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

BBB 21

Rodolffo fala sobre falas polêmicas no BBB 21: ‘Brincadeiras que a gente faz’

Publicado há

em

Rodolffo comenta polêmicas no BBB 21 (Foto: Reprodução)

Rodolffo comenta polêmicas no BBB 21 (Foto: Reprodução)

Um dos mais polêmicos participantes do BBB 21, Rodolffo Mathaus comentou a respeito de suas falas questionáveis que aconteceram dentro do programa. Algumas vezes, o cantor sertanejo foi acusado de homofobia e racismo devido a suas declarações na casa.

Ao canal de Piunti, Rodolffo classificou os momentos que geraram diversos comentários enquanto ele ainda estava dentro da casa do BBB.

+ Renata Vasconcellos se atrapalha ao vivo na Globo e é repreendida por Bonner; entenda

“Tem coisas que a gente fala numa roda de amigos, brincadeiras que a gente faz com pessoas que a gente tem mais intimidade, que conhece de fato, que a gente não vai falar para uma pessoa que acabou de conhecer. Virou polêmica. Graças a Deus foram coisas que não me incriminaram, não me incriminaram perante o público. ‘Tudo o que você falou lá dentro eu falo aqui fora’ ou ‘O que você falou lá dentro eu falo no dia a dia’. Eu ouço muito isso na rua”, contou o ex-BBB.

Entre as muitas polêmicas, Rodolffo foi acusado de racismo ao comparar o cabelo de João Luiz ao de um homem das cavernas e tecer comentários em forma de piada sobre Fiuk usar vestido.

Enquanto Rodolffo fala sobre polêmicas, Globo prepara golpe de misericórdia no SBT e quer Chaves e Chapolin

A Globo, por meio de seu streaming Globoplay, surpreendeu ao anunciar que seu catálogo, mais do que os clássicos da Rede Globo, passará também a receber as novelas mexicanas que um dia fizeram muito sucesso no SBT. Tramas como A Usurpadora, Marimar e Maria do Bairro devem, nos próximos meses, chegar ao catálogo.

O serviço de streaming, contudo, não deve parar por aí. De acordo com o portal RD1, a Globoplay prepara uma ofensiva ainda maior e deve trazer para os seus serviços dois grandes clássicos: Chaves e Chapolin, obras de Roberto Bolañoz que, durante muitos anos, foram “coringas” de audiência no SBT.

+ Maju Coutinho lida com tragédia e expõe ritual desesperador na Globo: “Tempos difíceis”

Até agosto do ano passado, os programas também eram exibidos frequentemente pelo SBT, que acabou perdendo os direitos em agosto, em uma confusão envolvendo os herdeiros de Roberto. O novo acordo deve permitir, inclusive, a chegada de Chaves e Chapolin apenas ao serviço de streaming, sem possibilidade de exibição na TV aberta.

Caso a negociação continue e termine bem, Chaves e Chapolin devem chegar a Globoplay em outubro, no mês das crianças.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA