CONECTE-SE CONOSCO

Saiba porque lista da FIFA tem mais filiados que a ONU

Publicado há

em

A Federação Internacional de Futebol (FIFA), por mais curioso que possa parecer, possui mais países filiados que a principal entidade intergovernamental do mundo, a Organização das Nações Unidas (ONU). São 221 países afiliados à FIFA contra 193 da ONU, totalizando 25 países que não fazem parte da organização ou são representados por outras entidades.

A presença e ausência de países na lista de cada entidade com certeza deve causar dúvidas nos torcedores que acompanham as seleções que participam de torneios mundiais e continentais organizados pela FIFA, alguns dos quais são exibidos no Brasil pela Band.

A Inglaterra, por exemplo, cuja seleção já foi campeã da Copa do Mundo de 1966 e que chegou às semifinais do Mundial de 2018, destacando-se também em sites de apostas esportivas durante a competição, não aparece na lista de países associados à ONU. A partir dessas informações, duas questões devem ter surgido na mente dos apaixonados pelo esporte: quais plataformas de apostas disponíveis no Brasil são confiáveis e por qual motivo a Inglaterra é um membro da federação de futebol, mas não da entidade intergovernamental?

Bom, para saber se um site é confiável, basta conferir as análises de especialistas que, além de indicar quais as melhores plataformas de apostas existentes, também apresentam os principais bônus e benefícios oferecidos aos usuários de cada uma delas. Agora, para conferir a razão pela qual há essa disparidade entre a lista de países filiados à ONU e à FIFA, basta ler nossa explicação abaixo.

FIFA 221 x 193 ONU

O número superior de países afiliados à FIFA pode ser explicado por uma estratégia da organização colocada em prática em 1974, quando o nosso compatriota João Havelange era o presidente da maior entidade do futebol mundial.

O radical método adotado pelo brasileiro tornou possível a filiação de novos membros que não eram necessariamente reconhecidos como países. Além disso, outra explicação para a maior quantidade de afiliados da FIFA é a presença de países como a Inglaterra e a Irlanda do Norte, cuja representação na ONU é realizada pelo Reino Unido.

Na FIFA, mas não na ONU

Conforme indicado anteriormente, existem países que estão afiliados à FIFA como entidades independentes, mas que são representados na ONU por uma entidade conjunta. O Reino Unido surge como o caso mais emblemático, possuindo um total de 12 bandeiras diferentes na entidade máxima do futebol que, além dos países já citadas, incluem Escócia, País de Gales e territórios ultramarinos como Anguilla, Bermudas, Gibraltar, Montserrat, Ilhas Turcas e Caicos.

Outras situações semelhantes são as de entidades como Guam, Porto Rico, Ilhas Virgens Americanas e Samoa Americana, todos territórios dos Estados Unidos sem representação na ONU, mas que estão presentes de maneira independente na FIFA.

Há, ainda, o caso de Hong Kong, Macau e Taiwan, que estão ligados à China, mas que surgem de maneira independente na federação de futebol. Enquanto as duas primeiras são regiões administrativas especiais, a terceira é uma espécie de província renegada. A situação entre China e Hong Kong, inclusive, não é das melhores atualmente. Uma onda de protestos pró-democracia vem acontecendo em Hong Kong alimentados pelo temor de que sua autonomia em relação ao governo central chinês esteja sendo destruída.

A lista da Federação Internacional de Futebol também possui a Palestina e o Kokoso, que se autodeclaram como países, possuindo suas respectivas seleções de futebol, mas que não são reconhecidas pela totalidade das nações que fazem parte das Nações Unidas.

Os demais casos são as ilhas caribenhas Aruba e Curaçao, territórios independentes da Holanda. Por fim, as Ilhas Cook, Ilhas Faroé e Nova Caledônia estão ligados à Nova Zelândia, Dinamarca e França, respectivamente.

Na ONU, mas não na FIFA

O Reino Unido, cuja saída da União Europeia deve trazer efeitos e riscos ao futebol europeu, não aparece na lista da federação de futebol já que conta com representações individuais.

Além dele, existem países que estão nas Nações Unidas, mas que não possuem uma seleção de futebol, a saber: Kiribati, Ilhas Marshall, Micronesia, Nauru, Palau e Tuvalu.

Comente com seu Facebook

Advertisement
Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias da TV

Catia Fonseca, após rasteira e demissão, deve perder integrantes em 2021

Publicado há

em

A apresentadora Catia Fonseca comanda o Melhor da Tarde na Band desde 2018 (Créditos: Reprodução)

A apresentadora Catia Fonseca comanda o Melhor da Tarde na Band desde 2018 (Créditos: Reprodução)

Catia Fonseca deve ter um início de 2021 tão atribulado quanto foi o de 2020. O Melhor da Tarde, exibido diariamente pela Band, hoje conta com cinco colabores quase que diariamente e, como a apresentadora exibe matérias e não fica só na conversa, esse número deve ser diminuído no ano que vem.

+ Record toma decisão final sobre novelas bíblicas

A redação do O Canal apurou que algumas mudanças serão implementadas no Melhor da Tarde e uma delas será o esvaziamento. Até porque, Mamma Bruschetta é a mais nova contratada do programa e para 2021 acredita-se na presença física de Mamma no palco.

Número grande de colaboradores deve diminuir no Melhor da Tarde, na Band (Créditos: Reprodução)

Número grande de colaboradores deve diminuir no Melhor da Tarde, na Band. Catia Fonseca precisa vencer o A Tarde é Sua, da Sonia Abrão, no ibope (Créditos: Reprodução)

O excesso de pessoas – alguns apenas comentam notícias – tem não tem sido vem visto pelo público. Não fala-se em demissão, mas em realocar os mesmos, talvez apenas para matérias nas ruas. A ideia de toda essa mudança é a de se distanciar de Sonia Abrão, do A Tarde é Sua, no ibope. A concorrência não vem dando descanso.

Enquanto Catia Fonseca pode mudar, Record testa Sabrina Sato no ar:

Estreia nesta sexta-feira (30) o Game dos Clones, novo reality show comandado por Sabrina Sato e que passará a ocupar as noites de sexta-feira da Record. Aliás, esse é o terceiro programa que a loira vai comandar na emissora em 2020 e todos em dias diferentes.

+ Catia Fonseca, da Band, se une à Chris Flores e aparece no SBT

A peregrinação de Sabrina Sato pela programação da Record tem funcionado como um teste para a japa, que comandou o Domingo Show, o Made In Japão aos sábados e agora o Game dos Clones, nas noites de sexta. A vontade da apresentadora e da emissora de emplacar algo é grande.

“As provas são leves, divertidas, engraçadas, mas claro que tem conflito, intrigas e tretas, que a gente adora. E no final o que conta é a personalidade, a essência do casal e se eles vão se dar bem. Assistam que vale muito a pena”, falou Sabrina Sato sobre o novo programa.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Novelas

Record toma decisão final sobre novelas bíblicas

Publicado há

em

A Record já está planejando como será 2021 e aposta tudo na novela bíblica Gênesis (Créditos: Reprodução/Montagem)

A Record já está planejando como será 2021 e aposta tudo na novela bíblica Gênesis (Créditos: Reprodução/Montagem)

A direção de teledramaturgia da Record já tem definida a fila de novelas bíblicas de 2021 até 2022. Dentre elas, apenas uma está em produção, mas já na finalização. Gênesis, Rei Davi e Salomão serão as próximas novelas da emissora na temática.

+ Marcos Mion não segura e chora ao vivo durante A Fazenda 12

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, do R7, Emílio Boechat, o autor de Gênesis, vai entregar a novela com 150 capítulos e cerca de 200 atores escalados. A trama terá várias fases e tem previsão de estreia para janeiro, no lugar de Amor Sem Igual.

Cristianne Fridman, autora de novelas da Record falou sobre Amor Sem Igual (Foto: Reprodução)

Cristianne Fridman, autora de novelas da Record já tem nova produção aprovada (Créditos: Reprodução)

Na sequência, a Record vai dar início a produção da novela Rei Davi, também em 150 capítulos. A autora  Cristianne Fridman é quem está responsável pela trama e vai entregar a sinopse em dezembro. A substituta dessa também já está definida.

+ Catia Fonseca, da Band, se une à Chris Flores e aparece no SBT

Salomão, escrita por Paula Richard, vai mostrar a vida do filho de Rei Davi e entrará logo depois. Desse modo as novelas bíblicas inéditas ficarão no ar até boa parte de 2022. Ainda não há nenhum ator escalado para o elenco das duas novas novelas bíblicas.

Enquanto Record bate o martelo quanto as novelas, Ratinho decide o futuro no SBT:

Ratinho informou há poucas semanas que havia testado positivo para o novo coronavírus, mas sem nenhum sintoma e já em recuperando em casa. No momento desse anúncio, o apresentador estava retornando com seu programa ao vivo no SBT e precisou avisa sobre o afastamento.

+ SBT promete mudança total em 2021; apresentador desabafa

Agora, Ratinho já distribui anúncios avisando que retornará ao vivo com o seu programa nas noites do SBT a partir da próxima segunda-feira (02). Aliás, esse costuma ser o melhor dia em audiência para a atração, que exibe o quadro ‘Dez ou Mil’.

No entanto, os últimos meses não foram nada favoráveis para o apresentador do SBT. Ratinho tem amargado baixos índices de audiência no confronto com a novela bíblica Jesus e com A Fazenda 12, edição que tornou-se um sucesso na Record.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

A Fazenda

Marcos Mion não segura e chora ao vivo durante A Fazenda 12

Publicado há

em

O apresentador Marcos Mion se emocionou durante o reality show A Fazenda 12 (Créditos: Reprodução)

O apresentador Marcos Mion se emocionou durante o reality show A Fazenda 12 (Créditos: Reprodução)

A edição da última quinta-feira (29) de A Fazenda 12 foi marcada pelo cancelamento da roça e nova votação após erro corrigido. As emoções foram tantas, com uma semana agitada, que o apresentador Marcos Mion não segurou e caiu no choro ao vivo.

+ Catia Fonseca, da Band, se une à Chris Flores e aparece no SBT

“A votação acaba daqui a pouco. Caso você ainda precisa de uma forcinha para escolher o peão que vai ter a honra de levar o seu voto, eu vou te ajudar. Eu estou emocionado, eu estou tentando controlar, mas… Os dias foram loucos, gente, eu não esperava. Era só o que me falta agora”, falou Marcos Mion, aos prantos.

Marcos Mion chorou no dia da eliminação em A Fazenda 12, ao vivo na Record (Créditos: Reprodução)

Em resumo, Marcos Mion chorou no dia da eliminação em A Fazenda 12, ao vivo na Record (Créditos: Reprodução)

“Calma, Carelli, eu já vou”, falou Marcos Mion, pedindo compreensão por parte do diretor de realities na Record. Na sequência, o apresentador viu que não iria conseguir falar todo o texto necessário e pediu pela entrada de um vídeo, para conseguir tocar A Fazenda 12.

Assista ao Marcos Mion se emocionando em A Fazenda 12:

Enquanto isso, novela mexicana no SBT:

SBT vai continuar apostando em novelas mexicanas nos finais de tarde, entre o Casos de Família e o principal telejornal da emissora. No ar, atualmente, estão os últimos capítulos de O Que a Vida me Roubou e Quando me Apaixono. A substituta da trama protagonizada por Angelique Boyer já foi definida e ganhou data de estreia.

+ SBT promete mudança total em 2021; apresentador desabafa

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, colunista do R7, Triunfo do Amor tem estreia marcada para acontecer no dia 16 de novembro, segunda-feira. O Que a Vida me Roubou e Quando me Apaixono costumam registrar o terceiro lugar na Grande São Paulo, com algumas vezes na vice-liderança.

+ Xuxa não engole Sikêra Jr e anuncia processo: “Meus advogados vão trabalhar”

Apesar de bem menos, o SBT sempre manteve alguma produção mexicana no ar, seja inédita ou reprise. Por fim, a direção cogita também exibir as tramas da Televisa no horário nobre, substituindo a reprise de Cúmplices de um Resgate. No entanto, as produções infantis brasileiras possuem maior preferência.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

⚡EM ALTA